Artigo Anais IV CEDUCE

ANAIS de Evento

ISSN: 2447-035X

O BRINCAR NA INFANCIA: VELHAS QUESTÕES E NOVOS DESAFIOS

Palavra-chaves: DESENVOLVIMENTO, BRINCAR, FORMAÇÃO DE PROFESSORES, PESQUISAS Comunicação Oral (CO) / Oral Papers Submission Educação e Infância
"2015-06-29 00:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1638
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 11291
    "edicao_id" => 33
    "trabalho_id" => 533
    "inscrito_id" => 1668
    "titulo" => "O BRINCAR NA INFANCIA: VELHAS QUESTÕES E NOVOS DESAFIOS"
    "resumo" => "A Psicologia, ciência pioneira no estudo da infância, estruturou conhecimentos relacionados com diversas facetas do desenvolvimento infantil, particularmente relativas ao brincar, com importantes repercussões na Educação Infantil. A Sociologia da Infância, ao destacar as crianças como atores sociais e o caráter socialmente construído da infância, adverte que a maneira como os adultos conceitualizam a criança,  interferem nas formas como se relacionam com elas e como vivem sua própria infância. Reconhecendo a importância do brincar no desenvolvimento integral das crianças em seus processos de participação social em contextos educativos, o objetivo deste artigo é apresentar enfoques teóricos e metodológicos privilegiados de pesquisadores e professores  e suas interlocuções com as concepções de criança, nos espaços educativos. Dados de pesquisas recentes, que investigam a formação do professor e  que fazem um  levantamento das  pesquisas que abordam temas sobre a  creche  no período entre 2003-2013,   nos ajudam a entender o lugar dado à brincadeira como parte da prática pedagógica e da vivencia de cada criança. Recorremos aos trabalhos apresentados no 4º Encontro dos grupos de Pesquisa sobre Crianças e Infâncias, realizado  no ano de 2014 e às falas das professoras de Educação Infantil presentes em pesquisa  realizada na cidade do Rio de Janeiro.  Através desses elementos, propomos o inicio de  uma discussão que envolve  a formação dos professores e seu entendimento sobre a relação aprendizagem/desenvolvimento e  a brincadeira, bem como as diferentes concepções de criança que permeiam falas e trabalhos. Analisar tais movimentos nos aponta pistas para pensar a formação inicial e continuada dos profesores."
    "modalidade" => "Comunicação Oral (CO) / Oral Papers Submission"
    "area_tematica" => "Educação e Infância"
    "palavra_chave" => "DESENVOLVIMENTO, BRINCAR, FORMAÇÃO DE PROFESSORES, PESQUISAS"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV047_MD1_SA5_ID1668_29052015203152.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:52:58"
    "updated_at" => "2020-06-10 21:01:32"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "MARCIA DE OLIVEIRA GOMES GIL"
    "autor_nome_curto" => "MARCIA  GIL"
    "autor_email" => "marciagil@globo.com"
    "autor_ies" => "UERJ"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-iv-ceduce"
    "edicao_nome" => "Anais IV CEDUCE"
    "edicao_evento" => "IV Colóquio Internacional Educação, Cidadania e Exclusão"
    "edicao_ano" => 2015
    "edicao_pasta" => "anais/ceduce/2015"
    "edicao_logo" => "5e4d8323ac662_19022020154907.jpg"
    "edicao_capa" => "5f17355954223_21072020153505.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2015-06-29 00:00:00"
    "publicacao_id" => 25
    "publicacao_nome" => "Revista CEDUCE"
    "publicacao_codigo" => "2447-035X"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 11291
    "edicao_id" => 33
    "trabalho_id" => 533
    "inscrito_id" => 1668
    "titulo" => "O BRINCAR NA INFANCIA: VELHAS QUESTÕES E NOVOS DESAFIOS"
    "resumo" => "A Psicologia, ciência pioneira no estudo da infância, estruturou conhecimentos relacionados com diversas facetas do desenvolvimento infantil, particularmente relativas ao brincar, com importantes repercussões na Educação Infantil. A Sociologia da Infância, ao destacar as crianças como atores sociais e o caráter socialmente construído da infância, adverte que a maneira como os adultos conceitualizam a criança,  interferem nas formas como se relacionam com elas e como vivem sua própria infância. Reconhecendo a importância do brincar no desenvolvimento integral das crianças em seus processos de participação social em contextos educativos, o objetivo deste artigo é apresentar enfoques teóricos e metodológicos privilegiados de pesquisadores e professores  e suas interlocuções com as concepções de criança, nos espaços educativos. Dados de pesquisas recentes, que investigam a formação do professor e  que fazem um  levantamento das  pesquisas que abordam temas sobre a  creche  no período entre 2003-2013,   nos ajudam a entender o lugar dado à brincadeira como parte da prática pedagógica e da vivencia de cada criança. Recorremos aos trabalhos apresentados no 4º Encontro dos grupos de Pesquisa sobre Crianças e Infâncias, realizado  no ano de 2014 e às falas das professoras de Educação Infantil presentes em pesquisa  realizada na cidade do Rio de Janeiro.  Através desses elementos, propomos o inicio de  uma discussão que envolve  a formação dos professores e seu entendimento sobre a relação aprendizagem/desenvolvimento e  a brincadeira, bem como as diferentes concepções de criança que permeiam falas e trabalhos. Analisar tais movimentos nos aponta pistas para pensar a formação inicial e continuada dos profesores."
    "modalidade" => "Comunicação Oral (CO) / Oral Papers Submission"
    "area_tematica" => "Educação e Infância"
    "palavra_chave" => "DESENVOLVIMENTO, BRINCAR, FORMAÇÃO DE PROFESSORES, PESQUISAS"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV047_MD1_SA5_ID1668_29052015203152.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:52:58"
    "updated_at" => "2020-06-10 21:01:32"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "MARCIA DE OLIVEIRA GOMES GIL"
    "autor_nome_curto" => "MARCIA  GIL"
    "autor_email" => "marciagil@globo.com"
    "autor_ies" => "UERJ"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-iv-ceduce"
    "edicao_nome" => "Anais IV CEDUCE"
    "edicao_evento" => "IV Colóquio Internacional Educação, Cidadania e Exclusão"
    "edicao_ano" => 2015
    "edicao_pasta" => "anais/ceduce/2015"
    "edicao_logo" => "5e4d8323ac662_19022020154907.jpg"
    "edicao_capa" => "5f17355954223_21072020153505.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2015-06-29 00:00:00"
    "publicacao_id" => 25
    "publicacao_nome" => "Revista CEDUCE"
    "publicacao_codigo" => "2447-035X"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 29 de junho de 2015

Resumo

A Psicologia, ciência pioneira no estudo da infância, estruturou conhecimentos relacionados com diversas facetas do desenvolvimento infantil, particularmente relativas ao brincar, com importantes repercussões na Educação Infantil. A Sociologia da Infância, ao destacar as crianças como atores sociais e o caráter socialmente construído da infância, adverte que a maneira como os adultos conceitualizam a criança, interferem nas formas como se relacionam com elas e como vivem sua própria infância. Reconhecendo a importância do brincar no desenvolvimento integral das crianças em seus processos de participação social em contextos educativos, o objetivo deste artigo é apresentar enfoques teóricos e metodológicos privilegiados de pesquisadores e professores e suas interlocuções com as concepções de criança, nos espaços educativos. Dados de pesquisas recentes, que investigam a formação do professor e que fazem um levantamento das pesquisas que abordam temas sobre a creche no período entre 2003-2013, nos ajudam a entender o lugar dado à brincadeira como parte da prática pedagógica e da vivencia de cada criança. Recorremos aos trabalhos apresentados no 4º Encontro dos grupos de Pesquisa sobre Crianças e Infâncias, realizado no ano de 2014 e às falas das professoras de Educação Infantil presentes em pesquisa realizada na cidade do Rio de Janeiro. Através desses elementos, propomos o inicio de uma discussão que envolve a formação dos professores e seu entendimento sobre a relação aprendizagem/desenvolvimento e a brincadeira, bem como as diferentes concepções de criança que permeiam falas e trabalhos. Analisar tais movimentos nos aponta pistas para pensar a formação inicial e continuada dos profesores.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.