Artigo Anais IV CEDUCE

ANAIS de Evento

ISSN: 2447-035X

EDUCAÇÃO INFANTIL E PRODUÇÃO DE SUBJETIVIDADE: ENTRE OBRIGATORIEDADES, DIFERENÇAS E DIVERSIDADES

Palavra-chaves: EDUCAÇÃO, INFÂNCIA, SUBJETIVIDADE, DIVERSIDADE Comunicação Oral (CO) / Oral Papers Submission Educação e Infância Publicado em 29 de junho de 2015

Resumo

O presente artigo tem como objetivo problematizar o cotidiano na educação infantil e sua relação com o discurso contemporâneo sobre infância, colocando em análise a definição atual de criança presente nas políticas públicas e nas legislações no âmbito da educação. Pretende- se também problematizar uma experiência em uma creche situada no município do Rio de Janeiro. Partiremos da análise das políticas públicas de educação e seus discursos sobre infância, que por vezes enquadram o “ser criança” pelo que lhe falta, pelo que não sabem/fazem/conhecem, desconsiderando-as em suas singularidades. A metodologia escolhida para esse estudo é a pesquisa-intervenção, ferramenta da Análise Institucional, em que o conhecimento se produz a partir da problematização das intervenções do pesquisador e de suas implicações com o objeto de pesquisa.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.