Artigo Anais IV CEDUCE

ANAIS de Evento

ISSN: 2447-035X

ASTRONOMIA NO ENSINO MÉDIO: UMA ABORDAGEM A PARTIR DA CONSTRUÇÃO DE MAPAS CONCEITUAIS

Palavra-chaves: ENSINO DE FÍSICA, ASTRONOMIA, APRENDIZAGEM SIGNIFICATIVA, MAPAS CONCEITUAIS Comunicação Oral (CO) / Oral Papers Submission Tecnologias e Educação Publicado em 29 de junho de 2015

Resumo

O ensino de astronomia, apesar de preconizado pelos Parâmetros Curriculares Nacionais Ensino Médio (PCNEM), inserido na parte tocante ao ensino de física como um dos temas estruturadores dessa disciplina (Universo, Terra e vida), ainda é uma realidade distante nas salas de aula da maioria das escolas de nível médio no Brasil, mantido praticamente nas esferas do ensino superior e pós-graduação. A preocupação com a mudança dessa realidade permeia o presente trabalho que vem propor uma abordagem acerca da evolução estelar, tomando como base o caso do Sol, sob a luz da teoria da aprendizagem significativa de Ausubel e da utilização de mapas conceituais como ferramenta avaliativa. A pesquisa envolveu alunos do primeiro ano do ensino médio da Escola de Referência em Ensino Médio José Almeida Maciel, localizada no município de Pesqueira, PE. A versatilidade dos mapas conceituais quanto a sua aplicabilidade torna-se evidente no contexto em que foi utilizado dentro desta pesquisa atuando, ora como método investigativo da estrutura cognitiva pré-existente dos alunos, ora como ferramenta avaliativa da aprendizagem, desempenhando em ambos os casos o seu papel com bastante eficiência.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.