Artigo Anais IV CEDUCE

ANAIS de Evento

ISSN: 2447-035X

A FORMAÇÃO DO PROFESSOR PARA UMA PRÁTICA INCLUSIVA NO ENSINO FUNDAMENTAL

Palavra-chaves: FORMAÇÃO PROFESSOR, ENSINO FUNDAMENTAL, EDUCAÇÃO INCLUSIVA, JOGOS PEDAGÓGICOS, JOGOS PEDAGÓGICOS Pôster (PO) / Poster Submission Ensino Fundamental: práticas e teorias na escola
"2015-06-29 00:00:00"
App\Base\Administrativo\Model\Artigo {#1639
  +table: "artigo"
  +timestamps: false
  +fillable: array:13 [
    0 => "edicao_id"
    1 => "trabalho_id"
    2 => "inscrito_id"
    3 => "titulo"
    4 => "resumo"
    5 => "modalidade"
    6 => "area_tematica"
    7 => "palavra_chave"
    8 => "idioma"
    9 => "arquivo"
    10 => "created_at"
    11 => "updated_at"
    12 => "ativo"
  ]
  #casts: array:14 [
    "id" => "integer"
    "edicao_id" => "integer"
    "trabalho_id" => "integer"
    "inscrito_id" => "integer"
    "titulo" => "string"
    "resumo" => "string"
    "modalidade" => "string"
    "area_tematica" => "string"
    "palavra_chave" => "string"
    "idioma" => "string"
    "arquivo" => "string"
    "created_at" => "datetime"
    "updated_at" => "datetime"
    "ativo" => "boolean"
  ]
  #connection: "mysql"
  #primaryKey: "id"
  #keyType: "int"
  +incrementing: true
  #with: []
  #withCount: []
  #perPage: 15
  +exists: true
  +wasRecentlyCreated: false
  #attributes: array:35 [
    "id" => 10949
    "edicao_id" => 33
    "trabalho_id" => 289
    "inscrito_id" => 576
    "titulo" => "A FORMAÇÃO DO PROFESSOR PARA UMA PRÁTICA INCLUSIVA NO ENSINO FUNDAMENTAL"
    "resumo" => "Este estudo é resultado de uma pesquisa qualitativa realizada em uma escola pública no município de Macapá, capital do estado do Amapá, que oferta as series iniciais do ensino fundamental. A escola investigada foi escolhida por atender doze alunos especiais, nas seguintes deficiências: física, auditiva, intelectual, autismo e síndrome de down. A pesquisa teve como objetivo construir, com os professores, jogos e vivenciar as atividades práticas que estimulam o processo de aprendizagem favorecendo a inclusão, ressaltando a importância do lúdico nas series iniciais para um aprendizado significativo e prazeroso. A pesquisa foi desenvolvida a partir das seguintes etapas: pesquisa diagnóstica na escola, que consistiu em observação e entrevista com os professores do ensino fundamental I; análise dos dados coletados na pesquisa diagnóstica para construção de um projeto de ação; desenvolvimento do projeto com as seguintes ações: roda de conversa, oficinas e intervenção na sala de aula. Os resultados indicaram que a realização das três etapas (roda de conversa, oficina e intervenção na sala) foram fundamentais para o êxito do projeto de ação desenvolvido na escola que foi construído em conjunto com os professores envolvidos, a partir do conhecimento que os mesmo tinham de seus alunos, que possibilitou a ação-reflexão-ação de suas práticas, e após a intervenção ficaram satisfeito com o resultado sentindo-se mais seguros para dar continuidade a novas descobertas para a inclusão. Conclui-se que cada escola, ao abraçar o desafio da educação inclusiva, terá de encontrar soluções próprias para os seus problemas, pois como a inclusão é um processo, não existe um único modelo a ser seguido ou ensinado, cada professor terá que encontrar respostas a partir da realidade de sua escola, das necessidades e potencialidades de seus alunos e investir na sua formação continuada."
    "modalidade" => "Pôster (PO) / Poster Submission"
    "area_tematica" => "Ensino Fundamental: práticas e teorias na escola"
    "palavra_chave" => "FORMAÇÃO PROFESSOR, ENSINO FUNDAMENTAL, EDUCAÇÃO INCLUSIVA, JOGOS PEDAGÓGICOS, JOGOS PEDAGÓGICOS"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV047_MD4_SA4_ID576_09052015214853.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:52:57"
    "updated_at" => "2020-06-10 21:01:31"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "TATIANE NUNES VALENTE"
    "autor_nome_curto" => "TATIANE VALENTE"
    "autor_email" => "tatianetvalente@gmail.com"
    "autor_ies" => "UNIVERSIDADE DO ESTADO DO AMAPÁ"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-iv-ceduce"
    "edicao_nome" => "Anais IV CEDUCE"
    "edicao_evento" => "IV Colóquio Internacional Educação, Cidadania e Exclusão"
    "edicao_ano" => 2015
    "edicao_pasta" => "anais/ceduce/2015"
    "edicao_logo" => "5e4d8323ac662_19022020154907.jpg"
    "edicao_capa" => "5f17355954223_21072020153505.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2015-06-29 00:00:00"
    "publicacao_id" => 25
    "publicacao_nome" => "Revista CEDUCE"
    "publicacao_codigo" => "2447-035X"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #original: array:35 [
    "id" => 10949
    "edicao_id" => 33
    "trabalho_id" => 289
    "inscrito_id" => 576
    "titulo" => "A FORMAÇÃO DO PROFESSOR PARA UMA PRÁTICA INCLUSIVA NO ENSINO FUNDAMENTAL"
    "resumo" => "Este estudo é resultado de uma pesquisa qualitativa realizada em uma escola pública no município de Macapá, capital do estado do Amapá, que oferta as series iniciais do ensino fundamental. A escola investigada foi escolhida por atender doze alunos especiais, nas seguintes deficiências: física, auditiva, intelectual, autismo e síndrome de down. A pesquisa teve como objetivo construir, com os professores, jogos e vivenciar as atividades práticas que estimulam o processo de aprendizagem favorecendo a inclusão, ressaltando a importância do lúdico nas series iniciais para um aprendizado significativo e prazeroso. A pesquisa foi desenvolvida a partir das seguintes etapas: pesquisa diagnóstica na escola, que consistiu em observação e entrevista com os professores do ensino fundamental I; análise dos dados coletados na pesquisa diagnóstica para construção de um projeto de ação; desenvolvimento do projeto com as seguintes ações: roda de conversa, oficinas e intervenção na sala de aula. Os resultados indicaram que a realização das três etapas (roda de conversa, oficina e intervenção na sala) foram fundamentais para o êxito do projeto de ação desenvolvido na escola que foi construído em conjunto com os professores envolvidos, a partir do conhecimento que os mesmo tinham de seus alunos, que possibilitou a ação-reflexão-ação de suas práticas, e após a intervenção ficaram satisfeito com o resultado sentindo-se mais seguros para dar continuidade a novas descobertas para a inclusão. Conclui-se que cada escola, ao abraçar o desafio da educação inclusiva, terá de encontrar soluções próprias para os seus problemas, pois como a inclusão é um processo, não existe um único modelo a ser seguido ou ensinado, cada professor terá que encontrar respostas a partir da realidade de sua escola, das necessidades e potencialidades de seus alunos e investir na sua formação continuada."
    "modalidade" => "Pôster (PO) / Poster Submission"
    "area_tematica" => "Ensino Fundamental: práticas e teorias na escola"
    "palavra_chave" => "FORMAÇÃO PROFESSOR, ENSINO FUNDAMENTAL, EDUCAÇÃO INCLUSIVA, JOGOS PEDAGÓGICOS, JOGOS PEDAGÓGICOS"
    "idioma" => "Português"
    "arquivo" => "TRABALHO_EV047_MD4_SA4_ID576_09052015214853.pdf"
    "created_at" => "2020-05-28 15:52:57"
    "updated_at" => "2020-06-10 21:01:31"
    "ativo" => 1
    "autor_nome" => "TATIANE NUNES VALENTE"
    "autor_nome_curto" => "TATIANE VALENTE"
    "autor_email" => "tatianetvalente@gmail.com"
    "autor_ies" => "UNIVERSIDADE DO ESTADO DO AMAPÁ"
    "autor_imagem" => ""
    "edicao_url" => "anais-iv-ceduce"
    "edicao_nome" => "Anais IV CEDUCE"
    "edicao_evento" => "IV Colóquio Internacional Educação, Cidadania e Exclusão"
    "edicao_ano" => 2015
    "edicao_pasta" => "anais/ceduce/2015"
    "edicao_logo" => "5e4d8323ac662_19022020154907.jpg"
    "edicao_capa" => "5f17355954223_21072020153505.jpg"
    "data_publicacao" => null
    "edicao_publicada_em" => "2015-06-29 00:00:00"
    "publicacao_id" => 25
    "publicacao_nome" => "Revista CEDUCE"
    "publicacao_codigo" => "2447-035X"
    "tipo_codigo_id" => 1
    "tipo_codigo_nome" => "ISSN"
    "tipo_publicacao_id" => 1
    "tipo_publicacao_nome" => "ANAIS de Evento"
  ]
  #changes: []
  #classCastCache: []
  #dates: []
  #dateFormat: null
  #appends: []
  #dispatchesEvents: []
  #observables: []
  #relations: []
  #touches: []
  #hidden: []
  #visible: []
  #guarded: array:1 [
    0 => "*"
  ]
}
Publicado em 29 de junho de 2015

Resumo

Este estudo é resultado de uma pesquisa qualitativa realizada em uma escola pública no município de Macapá, capital do estado do Amapá, que oferta as series iniciais do ensino fundamental. A escola investigada foi escolhida por atender doze alunos especiais, nas seguintes deficiências: física, auditiva, intelectual, autismo e síndrome de down. A pesquisa teve como objetivo construir, com os professores, jogos e vivenciar as atividades práticas que estimulam o processo de aprendizagem favorecendo a inclusão, ressaltando a importância do lúdico nas series iniciais para um aprendizado significativo e prazeroso. A pesquisa foi desenvolvida a partir das seguintes etapas: pesquisa diagnóstica na escola, que consistiu em observação e entrevista com os professores do ensino fundamental I; análise dos dados coletados na pesquisa diagnóstica para construção de um projeto de ação; desenvolvimento do projeto com as seguintes ações: roda de conversa, oficinas e intervenção na sala de aula. Os resultados indicaram que a realização das três etapas (roda de conversa, oficina e intervenção na sala) foram fundamentais para o êxito do projeto de ação desenvolvido na escola que foi construído em conjunto com os professores envolvidos, a partir do conhecimento que os mesmo tinham de seus alunos, que possibilitou a ação-reflexão-ação de suas práticas, e após a intervenção ficaram satisfeito com o resultado sentindo-se mais seguros para dar continuidade a novas descobertas para a inclusão. Conclui-se que cada escola, ao abraçar o desafio da educação inclusiva, terá de encontrar soluções próprias para os seus problemas, pois como a inclusão é um processo, não existe um único modelo a ser seguido ou ensinado, cada professor terá que encontrar respostas a partir da realidade de sua escola, das necessidades e potencialidades de seus alunos e investir na sua formação continuada.

Compartilhe:

Visualização do Artigo


Deixe um comentário

Precisamos validar o formulário.