Resumo Trabalho

DIAGNÓSTICO DA SEGURANÇA PÚBLICA NO MACIÇO DO BATURITÉ: MORTALIDADE VIOLENTA, CRIMINALIDADE E ESTRUTURA ORGANIZACIONAL E JUSTIÇA CRIMINAL EM ACARAPE E REDENÇÃO

Autor(es): MARIA CLEOVANIA DE SOUZA SILVEIRA e orientado por FRANCISCO THIAGO ROCHA VASCONCELOS

Este artigo tem como objetivo apresentar resultados de pesquisa sobre as dinâmicas relativas aos conflitos, violências e criminalidade de Acarape e Redenção, a partir dos índices de mortalidade violenta, criminalidade e operação da estrutura das organizações de Segurança Pública na região no Maciço do Baturité. Elegemos como objeto de estudo o funcionamento da segurança pública, com destaque para a relação dos municípios com o tema. O propósito foi analisar a situação desta região no interior processo de crescimento da criminalidade violenta no Nordeste nos últimos anos e futuramente traçar linhas mais amplas de reflexão e atuação, incentivando o debate público, a concertação entre população e governos, bem como auxiliando à qualificação das informações criminais e dos dados sobre estrutura organizacional da segurança pública na região. Foram utilizadas as seguintes fontes de dados estatísticos: o Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde (DATASUS), que contabiliza mortalidade por causas externas; a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social do Ceará (SSPDS-CE) de acordo com as Áreas Integradas de Segurança (AIS), que contabiliza crimes violentos letais intencionais, crimes violentos contra o patrimônio e apreensão de armas e drogas, de acordo com as Áreas Integradas de Segurança (AIS); e a análise de material jornalístico, de entrevistas realizadas com agentes da segurança pública. Os resultados preliminares da pesquisa apontam para o crescimento da criminalidade e mortalidade violenta em Acarape e Redenção quando comparados com outros municípios do Maciço e questiona a precariedade dos serviços de segurança pública e as respostas estatais planejadas até o momento..

Veja o artigo completo: PDF