Resumo Trabalho

IMPORTÂNCIA DAS ATIVIDADES DE MONITORIA COMO ESTÍMULO PARA O DESENVOLVIMENTO CIENTÍFICO DOS ALUNOS DO CURSO TÉCNICO EM MINERAÇÃO DO IFPB – CAMPUS CAMPINA GRANDE

Autor(es): JOSENILDO ISIDRO DOS SANTOS FILHO e orientado por FRANCISCO DE ASSIS DA SILVEIRA GONZAGA

Este estudo apresenta resultados parciais de uma pesquisa desenvolvida com alunos do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba, campus Campina Grande, destacando a influência das atividades de monitoria na vida acadêmica dos alunos dos cursos técnicos em mineração. Para esta pesquisa foram analisadas de forma particular as contribuições das atividades de monitoria das disciplinas de geologia e mineralogia, visando contribuir com a melhoria do exercício da monitoria, para atender as principais dificuldades dos alunos iniciantes no curso de mineração.Dentro desta problemática, a pesquisa em andamento, compreendendo a importância da atividade de monitoria para melhoria do rendimento acadêmico e desenvolvimento científico dos estudantes, toma como recorte para esta análise as turmas dos 1° e 2° anos do curso técnico integrado em mineração do IFPB. Visando contribuir ao incentivo desta prática, por meio do destaque da importância do compartilhamento de experiências entre os alunos monitores e novos estudantes. Expondo dessa forma a necessidade das atividades de monitoria para o auxílio ao estudante ingressante na escola, contribuindo para seu desenvolvimento acadêmico. Sendo as disciplinas abordadas constituídas de variados detalhes e conceitos importantes, estas são encaradas com maior receio pelos alunos. Neste caso, a monitoria exerce papel extremamente importante, contribuindo para que o aluno desenvolva seus conhecimentos na disciplina de forma mais tranquila, uma vez que, a relação ensino aprendizagem é construída por meio da relação entre alunos do mesmo curso, compartilhando dificuldades e experiências com o assunto visto em sala de aula.Destacando também o papel do monitor como principal interlocutor entre os estudantes e o professor, sendo incentivo de constantes melhorias nas práticas educacionais abordadas na sala de aula, contribuindo para a construção do conhecimento e sua aplicação de forma mais abrangente possível. Assim como, incentivando os alunos ao exercício de práticas de pesquisa, contribuindo para o desenvolvimento científico dos estudantes.

Veja o artigo completo: PDF