Resumo Trabalho

A EDUCAÇÃO CONTÁBIL COMO FERRAMENTA DE SOBREVIVÊNCIA DOS FEIRANTES DA RUA JOSE AVELINO

Autor(es): RODRIGO BARROSO ARAUJO e orientado por GUIPSON FONTES PINHEIRO NETO

Dentre as feiras cearenses, encontra-se a Feira da Rua José Avelino, situada na cidade de Fortaleza (CE), tendo seu início marcado em 1990 e, nos últimos anos, firmou-se como a feira de confecção mais importante do estado. A pluralidade que envolve essa feira instiga pesquisadores a formular questionamentos, em especial, no tocante as suas rotinas e práticas comerciais. E também as preocupações e desafios referentes à ocorrência, manutenção e expansão dos negócios na feira existentes, inclusive acerca da sobrevivência. Assim, a presente pesquisa assumiu o objetivo geral: investigar como a educação contábil pode ajudar na sobrevivência dos feirantes para continuação de suas atividades. Optou-se pela realização de estudo de casos múltiplos como estratégia de pesquisa, ao longo do processo de coleta de dados, realizado no primeiro trimestre de 2017, alcançado uma amostra não probabilística por meio dos critérios de acesso e disponibilidade. Para tanto, foi elaborado e aplicado um questionário destinado aos empreendedores que participam dessa feira. A técnica de Análise de Conteúdo contribuiu para o processo de análise dos dados, oriundos dos empreendedores pesquisados. Os pesquisados afirmaram que a educação contábil pode vir a contribuir de forma positiva para a continuidade de suas atividades como feirantes, dando suporte técnico e prático para que reduzam os números de erros, que conseguiriam ter um melhor controle de despesas e custos. E que, principalmente, a educação contábil poderia vir a agregar mais riquezas. Portanto, pode-se afirmar que a Feira da Rua José Avelino é um complexo comercial que requer um maior olhar da comunidade científica. Os resultados desta pesquisa sinalizam que esses empreendedores participantes da feira necessitam de orientação e direcionamento no que estão fazendo.

Veja o artigo completo: PDF