Resumo Trabalho

ARTE E INTERCULTURA NA TERRA DE MAKUNAIMA: UMA PESQUISA NAS ESCOLAS ESTADUAIS DE BOA VISTA-RR

Autor(es): GEORGINA ARIANE RODRIGUES SARMENTO e orientado por IVETE SOUZA DA SILVA

: O presente texto apresenta os resultados de uma pesquisa de iniciação científica desenvolvida no Curso de Artes Visuais da Universidade Federal de Roraima, com financiamento do PIBIC-CNPq. Teve como objetivo investigar de que maneira as questões interculturais estão presentes no ensino de artes nas escolas de Boa Vista-RR. Tal proposta surgiu da necessidade de se pensar uma educação voltada às necessidades e particularidades do estado, tendo em vista a diversidade cultural presente em sua constituição, bem como, a precária qualificação profissional dos professores(as) atuantes no ensino de artes, os quais, em grande maioria não possuem formação na área. A pesquisa foi realizada em três escolas da Rede Pública Estadual do município de Boa Vista-RR, tendo como participantes três professores(as) atuantes no ensino de arte e uma turma de cada professor(a) conforme sua indicação. Para a coleta de dados foram desenvolvidas entrevista (com os educadores) e questionário (com os alunos). A partir dos dados analisados foi possível concluir que existe uma rica diversidade em sala de aula que se manifestam através dos elementos culturais e lugares expostos pelos alunos, mas que para um ensino de qualidade é necessário que se leve em consideração toda a gama de vivências existentes, através do diálogo e da empatia. Para tanto, os professores devem se mostrar interessados em cooperar através da formação continuada, participação em eventos, atividades, palestras, oficinas que contribuam para um ambiente completo e ativo. O ensino da arte para ter sentido ao educando, assim como a educação de maneira geral, necessita estar articulado com os saberes que este leva consigo para dentro do espaço escolar. Daí a importância da construção de um espaço educativo propositivo onde o educando possa manifestar a sua cultura e a sua visão de mundo, entendendo-se como construtor do seu conhecimento.

Veja o artigo completo: PDF