Resumo Trabalho

APLICAÇÃO DE AFM CONDUTIVO EM DISPOSITIVOS DE NANOTUBOS DE CARBONO MULTICAMADAS

Autor(es): RODRIGO QUEIROS DE ALMEIDA e orientado por EDUARDO BEDÊ BARROS

Os Nanotubos de Carbono (CNTs), uma das formas alotrópicas do carbono, assim como o grafeno e os fulerenos, possuem propriedades físicas e estruturais singulares que as tornam únicas, despertando grande interesse na comunidade científica. Pode-se definir um nanotubo de carbono como sendo uma porção de uma folha de grafeno enrolada em forma cilíndrica, com uma simetria axial em torno do seu eixo. Desde as primeiras observações dos CNTs em 1991 até hoje, amostras desse material foram submetidas a uma infinidade de medidas relacionadas às suas propriedades eletrônicas, onde se buscou controlar e analisar a influência do ambiente, do substrato, da temperatura, da síntese, entre outros aspectos, no transporte eletrônico. A alta mobilidade dos portadores de carga nos CNTs foi um dos fatores, dentre vários outros, que empolgaram cientistas do mundo todo a realizarem experimentos que elucidassem suas propriedades de transporte. Nesse aspecto, o AFM condutivo, ou CAFM, torna-se uma ferramenta viável no estudo das propriedades de transporte eletrônico em dispositivos baseados em nanotubos de carbono. Portanto, nesse trabalho teve o objetivo de analisar a resposta eletrônica em dispositivos de CNT multicamadas com o uso da técnica de microscopia de força atômica no modo condutivo. Os resultados das medidas elétricas feitas nos dispositivos de CNTs, realizadas em uma estação de ponta de prova construída no próprio laboratório, onde foram aplicadas tensões de porta (gate) na base do dispositivo, mostram uma potencial aplicação dos CNTs em Transistores de Efeito de Campo (FET), uma vez que as amostras medidas apresentaram um comportamento semicondutor com simetria de corrente para tensão direta e reversa, além de uma alta condutividade elétrica.

Veja o artigo completo: PDF