Resumo Trabalho

SISTEMATIZAÇÃO DA ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM NA UTI: REVISÃO INTEGRATIVA

Autor(es): MARIA ELISA CURADO GOMES e orientado por LINICARLA FABIOLE DE SOUZA GOMES

A Sistematização da Assistência de Enfermagem (SAE) sugere a organização do cuidado de enfermagem em forma de sistema composto por uma sequência de passos, a fim de alcançar um determinado objetivo. Trata-se, portanto, de um instrumento metodológico que orienta o cuidado de Enfermagem e a documentação da prática profissional. Quando esse cuidado diz respeito a pacientes críticos a necessidade de organização da assistência se torna mais imprescindível, tendo em vista a complexidade do serviço, as situações clínicas complicadas, que requerem atenção e controle maiores, além de necessitar de um equilíbrio entre as inovações tecnológicas e a humanização ao sistema de cuidado à beira do leito. Busca-se, com essa pesquisa, analisar a produção científica sobre a SAE na UTI, a fim de montar um arcabouço teórico para respaldar a construção e implementação do PE (Processo de Enfermagem) nas unidades onde essa estratégia não está implantada ou não está em prática. Revisão Integrativa da Literatura, em que se utilizou nas buscas as bases de dados LILACS, SCIELO e BDENF, 15 artigos foram selecionados. Destacou-se maior concentração dos trabalhos científicos na área da docência (46,16%) e uma porcentagem mínima dos autores estavam vinculados com a área assistencial (20%). A maioria das pesquisas caracteriza-se como descritiva (66,67%). A maioria das pesquisas utiliza a teoria das Necessidades Humanas Básicas (60%) para fundamentar a SAE. Torna-se indispensável aliar a teoria à prática visando à melhoria da assistência de enfermagem. A UTI necessita de uma assistência de enfermagem sistematizada, individualizada e humanizada, o que pode ser proporcionado através da utilização do Processo de Enfermagem. Espera-se que este estudo seja fonte de pesquisa para elaboração de novos estudos.

Veja o artigo completo: PDF