Resumo Trabalho

LESÕES INCIDENTES EM PRATICANTES DE TÊNIS DE CAMPO: UMA REVISÃO DE LITERATURA.

Autor(es): RAFAEL SILVA DE OLIVEIRA e orientado por ENÉAS FREITAS DUTRA JUNIOR

O tênis de quadra também chamado tênis de campo tem suas origens um tanto incertas e datada de milhares de anos atrás, sendo primordialmente jogado com a utilização da própria mão para rebater a bola. Com o passar do tempo, foi inventada a raquete, que melhorou o desporto no quesito violência, tornou mais acessível e fez haver uma crescente revolução, pois a indústria esportiva passou a fazer grande investimento no esporte. Isso promoveu uma melhora nos materiais usados e nas premiações dadas em torneios e campeonatos. Com isso, começou haver um grande interesse por parte dos praticantes em desejarem melhorar cada vez mais seu desempenho nas partidas, a fim de obterem êxito. Isso tem feito com que o tênis seja tido como grande causador de lesões, em virtude destes extenuantes treinamentos e pelo jogo em si, bastante disputado. Objetivo: Identificar a incidência de lesões em praticantes de tênis de quadra, fazendo isso através de revisão literária de estudos relacionados a este tema a fim de ajudar praticantes e treinadores a conhecerem melhor essas ocorrências e contribuir com o enriquecimento destes estudos. Metodologia: Utilizaram-se artigos disponíveis em bancos de dados como Bireme, Scielo, PubMed e Google Acadêmico, livros e revistas, no período de 2000 a 2011. Utilizaram-se os descritores “lesões no tênis”, “tênis de campo” e “história do tênis de campo”, sendo encontrados cerca de 150 artigos e selecionados 16 que atendiam as delimitações exigidas. Discussão: O tênis de campo requer coordenação, agilidade, potência muscular e bom condicionamento físico (GUEDES, et al. 2010), requisitos que podem ser causa de lesões em importantes articulações do corpo, uma vez que são exigidos treinamentos extenuantes para que o atleta chegue ao ápice da forma física, e tenha um bom desempenho nas partidas, bem como na carreira de tenista. Uma partida de tênis chegar a ter duração de até três horas em média. Conclusão: Diante das análises, pode-se concluir que os locais mais comuns de se ocorrerem lesões para um praticante de tênis de quadra é o tornozelo, seguido do cotovelo e do ombro.

Veja o artigo completo: PDF