Resumo Trabalho

A ASSOCIAÇÃO DE SURDOS DE MOSSORÓ – ASMO E O SUJEITO SURDO: NARRATIVAS SOBRE O PROCESSO HISTÓRICO DE SUA CRIAÇÃO, FORTALECIMENTO E CONSOLIDAÇÃO

Autor(es): RITA DE CÁSSIA ARAÚJO AMARO

Este artigo surgiu da necessidade de tomar conhecimento sobre o processo histórico de criação da Associação de Surdos de Mossoró - ASMO através da comunidade surda desse município. Apresenta a seguinte problemática: como os sujeitos surdos do município de Mossoró tiveram acesso à informação e empoderamento que necessitariam de se reunir em Associações. O objetivo desse trabalho é conhecer o processo histórico de criação da Associação de Surdos de Mossoró - ASMO pelos sujeitos surdos através de suas narrativas. É uma pesquisa de abordagem qualitativa, em que se faz uso do método da história oral enfatizando a (Auto) biografia, apoiado teoricamente em (JOSSO, 2010) e (SOUZA 2006). Como resultados, apontamos que as narrativas da trajetória do processo de articulação, luta e criação dessa associação para a comunidade surda de Mossoró, foram experiências que não se pode mensurar no que diz respeito ao sentimento de alteridade perante a sociedade como meio de promoção por melhores condições de vida, trabalho, educação, saúde, dignidade e cidadania, bem como pelo pleno reconhecimento da Língua Brasileira de Sinais- LIBRAS e da cultura surda em todas as instâncias sociais. É necessário ter consciência da importância do surdo se organizar em associações pois além dar oportunidade de estar com seus pares e ter acesso ao conhecimento e aquisição da LIBRAS, oportuniza a possibilidade de trocarem informações na sua própria língua com a comunidade surda para que assumam a sua identidade como sujeito surdo que tem seu próprio jeito de se comunicar, interagir, perceber e conhecer o mundo.

Veja o artigo completo: PDF