Resumo Trabalho

O PROFESSOR DE GEOGRAFIA COMO MEDIADOR DO CONHECIMENTO: UM ESTUDO INTERNO DESENVOLVIDO NA ESCOLA ESTADUAL DE ENSINO FUNDAMENTAL PROFESSOR ANTÔNIO BENVINDO GUARABIRA-PB

Autor(es): THIAGO LOPES DE LIMA

Resumo A cartografia é uma disciplina geográfica que busca desenvolver o conhecimento espacial de determinado território, através de imagens representativas da superfície terrestre. Devido a falta de compreensão das informações desse componente pela maioria da sociedade brasileira, identificamos diante desta inquietação do saber cartográfico, em especial os princípios básicos de orientação cartográfica, em que o professor de Geografia tem uma parcela de culpa nesta deficiência, quando não busca mostrar aos alunos os valores sociopolítico-econômico que envolve a cartografia. O objetivo desta pesquisa não tão somente mostrar a importância da cartografia para a sociedade, mas sobretudo, como o professor de geografia, transferi para os alunos tal conhecimento e a compreensão desses valores. Este trabalho foi realizado, inicialmente com as observações e na prática docente em campo, em seguida o estudo teórico, onde buscamos fundamentar este conteúdo através de autores (a) bibliográficos, como : Shoko Kimura, Lana de Souza Cavalcante, além de artigos relacionados com esse tema. Essas indagações foram possíveis graças ao período de estagio, realizado na Escola estadual de ensino fundamenta professor Antonio Benvindo, na cidade de Guarabira-PB. Com esta pesquisa observamos como o professor de Geografia possui grande importância para formação crítica do aluno e da sociedade e com esta atividade percebeu-se que a mesma serviu para mostrar aos alunos na prática a importância de orientar-se, através dos pontos cardeais e a rosa-dos-ventos teve um aspecto positivo, pois levou a participação conjunta de todos que estavam na sala, desde o aluno ao professor, gerando um ambiente atrativo. Trazendo uma boa relação entre o educando e educador, além dos aspectos motivacionais, onde a atividade, propôs uma oferta de participação e espontânea.

Veja o artigo completo: PDF