Resumo Trabalho

ACOMPANHAMENTO DE CRIANÇAS DE RISCO PARA ALTERAÇÕES NO DESENVOLVIMENTO: ÊNFASE NAS VARIÁVEIS MATERNAS

Autor(es): DÉBORA TELES DE OLIVEIRA, LUSIANA MOREIRA DE OLIVEIRA, LETICIA KELLY COSTA SILVA e orientado por MARIA VERA LÚCIA MOREIRA LEITÃO CARDOSO

O OBJETIVO DESTA PESQUISA FOI CARACTERIZAR AS VARIÁVEIS SOCIODEMOGRÁFICAS DE MÃES DE CRIANÇAS QUE APRESENTAM RISCO PARA ALTERAÇÃO NO CRESCIMENTO E DESENVOLVIMENTO. TRATOU-SE DE ESTUDO DESCRITIVO, DOCUMENTAL E RETROSPECTIVO, DESENVOLVIDO EM UM AMBULATÓRIO ESPECIALIZADO DE PEDIATRIA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ, POR MEIO DA ANÁLISE DOS DADOS DE 72 INSTRUMENTOS UTILIZADOS NA CONSULTA DE ENFERMAGEM. OS DADOS FORAM AGRUPADOS NO PROGRAMA EXCEL® E ANALISADOS POR ESTATÍSTICA DESCRITIVA. PESQUISA APROVADA PELO COMITÊ DE ÉTICA EM PESQUISA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ. AS PRINCIPAIS INTERCORRÊNCIAS RELATADAS E OBSERVADAS NAS CONSULTAS RELACIONARAM-SE A HIPERTENSÃO ARTERIAL SISTÊMICA E AO DIABETES GESTACIONAL. CONCLUIU-SE QUE AS VARIÁVEIS MATERNAS SÃO UM DOS FATORES PARA DESENVOLVIMENTO ATÍPICO DAS CRIANÇAS, LOGO A CAPACITAÇÃO DOS ENFERMEIROS É FUNDAMENTAL PARA A EFICÁCIA NO ATENDIMENTO, UMA VEZ QUE PERMITE A IDENTIFICAÇÃO PRECOCE DE FATORES QUE PODEM CONTRIBUIR PARA DÉFICIT NO CRESCIMENTO E NO DESENVOLVIMENTO INFANTIL.

Veja o artigo completo: PDF