Resumo Trabalho

CARACTERIZAÇÃO DO EFLUENTE RESULTANTE DE BIODIGESTOR DE MATERIAIS RECICLÁVEIS.

Autor(es): ELENY DA ROCHA QUEIROZ e orientado por FRANCISCO AMÍLCAR MOREIRA JÚNIOR

A biodigestão anaeróbia é um processo de degradação de resíduos orgânicos por determinados grupos de microrganismos na ausência de oxigênio. Através deste procedimento, resultam três subprodutos: a biomassa, o efluente e o biogás. O efluente é rico em nutrientes oriundos da absorção de compostos na massa líquida durante o processo. O objetivo do presente trabalho foi de caracterizar por meio de análises físico-químicas e microbiológicas o chorume proveniente da biodigestão anaeróbia de resíduos alimentares do Restaurante Acadêmico do IFCE - Campus Sobral. Através dos parâmetros analisados foi possível quantificar a presença destes compostos, como observado, por exemplo, nos valores de Amônia e DQO demonstrando a presença de matéria orgânica no meio, porém não tão elevada como mostra o teor de sólidos voláteis. Já no pH e na alcalinidade é possível visualizar que a degradação ainda continuava ativa, com um favorecimento para o desenvolvimento de bactérias formadoras de metano, visto que o meio encontrava-se neutro. A partir de então há a possibilidade da reuso do efluente como auxiliar no processo produtivo de certas culturas, atentando-se para as que não devem ser comidas cruas, como indica outras literaturas, já que foi detectada a presença de coliformes totais, porém sua utilização na agricultura é viável, haja vista, a presença de nutrientes favoráveis ao desenvolvimento de determinados tipos de plantas.

Veja o artigo completo: PDF