Resumo Trabalho

EDUCAÇÃO, FEMINISMO E MULHERES SÍMBOLOS DA RESISTÊNCIA NA HISTÓRIA DA HUMANIDADE

Autor(es): IANA JESSICA XIMENES PAIVA e orientado por DANIELE KELLY LIMA DE OLIVEIRA

PARA ENTENDERMOS A DIMENSÃO DO FEMINISMO É NECESSÁRIO BUSCAR COMPREENDER AS DIVERSAS VERTENTES DO FEMINISMO PARA QUE AS MULHERES CONSIGAM SE LIBERTAR, EMPODERAR E QUESTIONAR AS ESTRUTURAS MACHISTAS E PATRIARCAIS DA SOCIEDADE. A MULHER DURANTE TODA A HISTÓRIA FOI ESTEREOTIPADA COMO UM SER FRÁGIL, DEPENDENTE, SUBMISSA E INCAPAZ. SENDO QUE A HISTÓRIA NA QUAL TRABALHAMOS NESSA PESQUISA NOS MOSTRA O QUANTO ELAS FORAM PROTAGONISTAS E RESISTENTES EM TODOS OS ESPAÇOS QUE OCUPAVAM, BUSCANDO QUEBRAR TABUS E LUTAR CONTRA UMA SOCIEDADE CULTURALMENTE, HISTORICAMENTE E SOCIALMENTE PATRIARCAL. É NECESSÁRIO RESSALTAR QUE ESSAS MULHERES FORAM PROTAGONISTAS TAMBÉM NO PROCESSO DE DESCONSTRUÇÃO DOS ESTEREÓTIPOS E PRECONCEITOS CRIADOS PELA SOCIEDADE, COMO POR EXEMPLO SIMONE DE BEAUVOIR QUE COM SEU LIVRO “ SEGUNDO SEXO” IMPULSOU A LUTA DO MOVIMENTO FEMINISTA, ANGELA DAVIS QUE FOMENTOU A LUTA PELOS DIREITOS DAS MULHERES, PRINCIPALMENTE DAS MULHERES NEGRAS E ENTRE OUTRAS MULHERES QUE MARCARAM A HISTÓRIA. O OBJETIVO DESSE ARTIGO É APRESENTAR MULHERES QUE FORAM ÍCONES NA LUTA DO MOVIMENTO FEMINISTA E QUE COLABORARAM COM A DESCONSTRUÇÃO DA IMAGEM ESTEREOTIPADA DAS MULHERES NA SOCIEDADE. A METODOLOGIA UTILIZADA NESSA PESQUISA FOI UM ESTUDO BIBLIOGRÁFICO. OS AUTORES UTILIZADOS NA CONSTRUÇÃO DESSE TRABALHO FORAM ANGELA DAVIS; JOICE BERTH; DUDA PORTO DE SOUZA E ARYANE.

Veja o artigo completo: PDF