Resumo Trabalho

METÁFORAS DO CAPITALISMO: PETER PAN E A IDEALIZAÇÃO DE SONHOS.

Autor(es): GABRYELLA SILVA DE LIMA e orientado por EMMANOEL DE ALMEIDA RUFINO

O capitalismo é um sistema muito antigo que se consolidou e permanece até hoje atuando em nossa sociedade, e não muito diferente dos séculos passados, faz do homem escravo de si mesmo. Então, o homem se torna o objeto principal do capitalismo, que utiliza de si mesmo para satisfazer suas vontades, desse modo, o capitalismo cria suas estratégias para manter o sistema ativo. A obra Capitalismo Parasitário de Zygmunt Bauman, vai nos ajudar a entender como esse sistema utiliza os desejos dos indivíduos, fazendo com que as pessoas consumam sempre mais, visando ter uma idealização de felicidade que nunca existiu,pois, o maior objetivo do capitalismo é o consumismo. O trabalho proposto busca fazer uma análise crítica do Conto de Fadas Peter Pan escrito por James Matthew Barrie para desenvolver pensamentos críticos e como ele pode nos ajudar a entender melhor metaforicamente o sistema capitalista. Desse modo, teremos Peter Pan como o Capitalismo, as crianças perdidas como a sociedade e a Terra do Nunca, como o local onde o sistema capitalista atua. Assim como o capitalismo, Peter Pan utiliza dos sonhos das crianças perdidas para idealizar o seu próprio sonho, do mesmo modo do capitalismo, que utiliza dos sonhos das pessoas, para faze-los reféns desse sistema e assim manter o capitalismo sempre ativo. Com isso, para concluirmos, podemos perceber atos negativos em relação ao capitalismo, e esse conto de fadas poderá ajudar a entendermos melhor esse sistema, podendo até ser explicado de modo educacional e ter uma maior abordagem no âmbito social.

Veja o artigo completo: PDF