Resumo Trabalho

A LUTA DE CLASSES COMO PROTAGONISMO FUNDAMENTAL PARA EMANCIPAÇÃO FEMININA

Autor(es): LIVIA RAQUEL DA SILVA OLIVEIRA, GABRIELE DA SILVA ANTUNES, SARAH LETÍCIA BRAGA DE SOUZA e orientado por TÂNIA SERRA AZUL MACHADO BEZERRA

ESTE TRABALHO BUSCA DISCUTIR O FEMINISMO EM RECORTE DE RAÇA E CLASSE A PARTIR DA EXPERIÊNCIA VIVIDA PELO GRUPO AUTÔNOMO DE MULHERES DA UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CEARÁ (UECE) – MULHERES, UNI-VOS! – COM AS MÃES QUE CONSTROEM A ASSOCIAÇÃO SANTOS DIAS NO LOCALIZADA NO BAIRRO ANCURI EM FORTALEZA-CE. A METODOLOGIA UTILIZADA COM AS MULHERES FOI BASEADA NO MÉTODO DE PALAVRAS GERADORAS DO PATRONO DA EDUCAÇÃO BRASILEIRA PAULO FREIRE, DENTRE AS PALAVRAS GERADORAS EM QUE PERPASSA POR TODA O GÊNERO FEMININO, SENTINDO-SE PARTE DO MEIO COMO INDIVÍDUO NO ESPAÇO SOCIAL EM QUE VIVÊNCIA, COM A DISCUSSÃO OBTENDO UMA EVIDENCIA CONCRETA DO QUE AUTORAS E AUTORES AFIRMAM QUE A EMANCIPAÇÃO HUMANO SÓ PODE SER DE FATO CONCRETA POR MEIO DA LUTA DE CLASSE, ASSIM TAMBÉM COMO A LUTA FEMINISTA. ALÉM DA ATIVIDADE SUPRACITADA O PRESENTE ARTIGO FOI EMBASADO, TAMBÉM, NA OBSERVAÇÃO DAS MULHERES QUE PARTICIPARAM DAQUELA ATIVIDADE E NA TRANSCRIÇÃO DO DEPOIMENTO DAS MESMAS.

Veja o artigo completo: PDF