Resumo Trabalho

A CULTURA MÉDICA EGÍPCIA E SUAS PRÁTICAS CIRÚRGICAS

Autor(es): THALYTA ROBERTA BARBOSA DOS SANTOS , JULIANA PORFIRIO GUIMARÃES DA CRUZ e orientado por EMMANOEL DE ALMEIDA RUFINO

ESTE ESTUDO DESVELA A MEDICINA EGÍPCIA, ESPECIALMENTE SUAS PRÁTICAS CIRÚRGICAS, POR CONSIDERARMOS MUITO RELEVANTE FAZÊ-LO, CASO QUEIRAMOS – COMO NOS É O CASO – PROPOR ESSE RETORNO AO PASSADO COMO UM MOVIMENTO IMPRESCINDÍVEL PARA SE AVANÇAR NAQUILO QUE SOMOS E QUE FAZEMOS, SEJA QUANDO RATIFICAMOS, RETIFICAMOS OU MESMO ABANDONAMOS ALGUMA SUGESTIVA REFERÊNCIA DESSE PASSADO CIVILIZATÓRIO. AFINAL, COMO NAS PRÁTICAS CIRÚRGICAS – OBJETO DESTA PESQUISA SOBRE O EGITO – ENCONTRAMOS PONTOS DE CONVERGÊNCIA E DE DIVERGÊNCIA (SEJA NO MODO DE OPERACIONALIZAÇÃO DA TÉCNICA MÉDICA, SEJA NO SENTIDO SUBJACENTE A TAL PRÁTICA, ETC.) QUE MUITOS OU DESCONHECEM OU DESCONSIDERAM AO ESTUDO E QUE TALVEZ SEJAM ÚTEIS – COMO JÁ SUGERIMOS – PARA UMA SÍNTESE MAIS QUALIFICADA DA CIÊNCIA MÉDICA ATUAL. EM SUMA, DELINEAMOS ESTE ESTUDO ATRAVÉS DA SEGUINTE PROBLEMÁTICA: COMO SE CONFIGURAVA A ANTIGA MEDICINA NO TOCANTE AS SUAS PRÁTICAS CIRÚRGICAS? OBJETIVANDO, POIS, COMPREENDER AS PRÁTICAS CIRÚRGICAS EGÍPCIAS NO UNIVERSO DA CULTURA MÉDICA DO EGITO, ORGANIZAMOS O DESENVOLVIMENTO DE NOSSA DISCUSSÃO A PARTIR DE DUAS ETAPAS ESPECÍFICAS DE ANÁLISE: PRIMEIRAMENTE, EXAMINAMOS A CULTURA EGÍPCIA E SUA CONFIGURAÇÃO SOCIAL; EM SEGUIDA, ANALISAMOS ESPECIFICAMENTE AS PRÁTICAS CIRÚRGICAS EGÍPCIAS, À LUZ DAS INFLUÊNCIAS DE SUA TRADIÇÃO CULTURAL5 .

Veja o artigo completo: PDF