Resumo Trabalho

AFROBAPHO: O FERVO TAMBÉM É POLÍTICO

Autor(es): TAUAN CARVALHO COUTINHO, JOÃO GABRIEL LIMA MODESTO PEREIRA

O TRABALHO CONSISTE EM UMA ANÁLISE RIZOMÁTICA INTERDISCIPLINAR, SEGUINDO OS MOLDES DE UMA PESQUISA-AÇÃO, SOBRE O EVENTO CULTURAL DENOMINADO AFROBAPHO. ESSA FESTA SE INSTAURA COMO UM ESFORÇO DE FORTALECIMENTO MEDIANTE A CONVERGÊNCIA E INTERSECÇÃO ENTRE RAÇAS, GÊNEROS E SEXUALIDADES, NUM VIÉS DE MANIFESTAÇÃO DA CULTURA NEGRA LGBTQI+ DA PERIFERIA DE SALVADOR, BAHIA. ASSUMINDO O CARÁTER DE AGÊNCIA BIOPOLÍTICA DOS LETRAMENTOS DE REEXISTÊNCIA POR RECONSTRUIR, RECRIAR E REPENSAR A HISTÓRIA DE LUTA E A MEMÓRIA DOS AGRUPAMENTOS SOCIOCULTURAIS ATRAVESSADOS, A AFROBAPHO EMERGE COMO UMA AÇÃO DE ENFRENTAMENTO ÀS NECROPOLÍTICAS DIRECIONADAS A CORPOS DISSIDENTES SUBALTERNIZADOS. POR MEIO DOS VALORES DAS CIVILIZAÇÕES AFROBRASILEIRAS, COMO A ANCESTRALIDADE, A MEMÓRIA, A ORALIDADE, A CIRCULARIDADE, A ENERGIA VITAL (AXÉ), A CORPOREIDADE, A LUDICIDADE, A MUSICALIDADE E O COOPERATIVISMO, O FERVO TAMBÉM É POLÍTICO.

Veja o artigo completo: PDF