Resumo Trabalho

AVALIAÇÃO DE REVESTIMENTOS INTERNOS EM TUBO EMPREGADO NO SETOR DE PETRÓLEO E GÁS

Autor(es): GABRIELLY SANTANA CARDOSO e orientado por MARCOS MESQUITA DA SILVA

A Soldagem é o processo de união de materiais, particularmente os metais, mais importante do ponto de vista industrial sendo extensivamente utilizada na fabricação e recuperação de peças, equipamentos e estruturas. Este artigo teve como objetivo estudar a influência dos parâmetros de soldagem nos aspectos metalúrgicos de revestimentos de liga de níquel aplicados internamente a um tubo de aço API 5L Gr. B. Para isso, foram estabelecidos parâmetros de soldagem como por exemplo corrente (A), voltagem (volts), velocidade (m/min e cm/min) e DBCP (distância bico contato-peça), possibilitando a obtenção de três revestimentos internos à tubulação através do processo de soldagem ao arco submerso (SAW), RT1, RT2 e RT3. Além disso, foi realizado a avaliação metalúrgica dos revestimentos através de técnicas tais como microscopia ótica, microscopia eletrônica, edx e ensaios de corrosão (a partir da técnica de Espectroscopia Impedância Eletroquímica-EIE). Para a quantificação de fases secundárias, dois métodos foram utilizados: método das malhas e métodos das áreas. Os resultados indicaram que a diluição e o teor de Fe dos revestimentos aumentaram quando a corrente (A) foi incrementada. Além disso, a resistência à corrosão diminuiu quando o teor de Fe foi maior. A quantificação das fases secundárias, através dos métodos das áreas, indicou que o revestimento (RT3) – aplicado com o menor nível de corrente e diluição –, apresentou fases em menores quantidades e menores dimensões. Assim, o revestimento RT3 foi o melhor revestimento aplicado internamente ao tubo, já que o mesmo apresentou o menor teor de Fe, a menor diluição, maior resistência à corrosão e menores quantidades de fases secundárias ricas em molibdênio e tungstênio.

Veja o artigo completo: PDF