Resumo Trabalho

DIFICULDADES ENCONTRADAS EM REALIZAR A INTEGRAÇAO DE CONTEÚDOS DAS DISCIPLINAS DE EDUCAÇÃO FÍSICA E QUÍMICA PARA O TRABALHO INTERDISCIPLINAR

Autor(es): MAIKON MOISES DE OLIVEIRA MAIA e orientado por AYLA MÁRCIA CORDEIRO BIZERRA

A integração pode ser considerada com uma das fases que constitui o processo de trabalhar ações interdisciplinares. Pode ser apontada com uma atividade que antecede o trabalho de interação constante e sistemático entre áreas distintas de conhecimentos. O delineamento de atividades nesta perspectiva pode proporcionar aos educandos um aprendizado mais atrativo e contextualizado, o qual pode-se perceber melhor a relação existente entre os diferentes campos do conhecimento. Entretanto, é necessário ter noção das possíveis dificuldades encontradas em projetar este tipo de atividade. Nesse sentido, esta pesquisa teve como objetivo identificar dificuldades encontradas por professores, de Educação Física e Química, em realizar a integração para posteriormente trabalhar de forma interdisciplinar em turmas de 1º ano de ensino médio. Para tanto, no tocante ao percurso metodológico, a pesquisa se caracterizou como qualitativa. A população corresponde aos professores de Educação Física e Química do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte – IFRN Campus Pau dos Ferros, sendo que a amostra foi constituída por 2 (dois) professores, 1 (um) de Educação Física e 1 (um) de Química. Como instrumento de coleta de dados foi utilizado o questionário com perguntas abertas. Após a análise deste processo, foi possível identificar algumas dificuldades advindas no procedimento de realização da integração envolvendo as disciplinas supracitadas, a saber: dificuldade de encontrar horários em comum entre os professores envolvidos para realizar ciclos de estudos; ter disponibilidade em estudar outra área de conhecimento; se desprender da formulação estática de currículo já apresentada pela escola; colocar na mesma semana de aula assuntos em comum, nas duas disciplinas, que pudessem dialogar um com o outro. Portanto, após a realização deste estudo, é notório que o desenvolvimento da integração para posteriormente se trabalhar considerando a interdisciplinaridade apresenta algumas dificuldades. No entanto, quem tem desejo de desenvolver ações nesta perspectiva deve considerar que existe a necessidade de mudança na postura, como também de atitude.

Veja o artigo completo: PDF