Resumo Trabalho

AULAS PRÁTICAS NO ENSINO DE BIOLOGIA: CONTRIBUIÇÕES E IMPORTÂNCIA ATRIBUÍDA PELOS ALUNOS DO PRIMEIRO ANO DO ENSINO MÉDIO

Autor(es): MARIA GLAUCILENE SOUSA VASCONCELOS e orientado por ISABEL CRISTINA HIGINO SANTANA

O Ensino de Biologia tem se mostrado como um grande desafio para o profissional docente. Entretanto, existem algumas alternativas para reverter essa realidade a qual se tem a aula prática como exemplo, uma vez que através desse método de ensino, o professor vai além da metodologia tradicional comumente utilizada, com aulas expositivas com os alunos como agentes passivos no processo de ensino aprendizagem. A realização de aulas práticas utilizando o laboratório de ciências torna o ensino mais atrativo e coloca o aluno como agente ativo na construção do conhecimento, porém, a falta de tempo, as turmas com um número elevado de alunos, a infraestrutura inadequada acabam impossibilitando, na maioria das vezes, que esse tipo de atividade ocorra. Com isso, a pesquisa teve como objetivo investigar as contribuições e importância atribuídas pelos alunos do primeiro ano do ensino médio acerca das aulas práticas no laboratório de ciências. Para isso, foi realizada uma pesquisa de abordagem qualitativa com base nas vivências proporcionadas no Estágio Supervisionado no Ensino Médio (ESEM) com turmas do primeiro ano. Participaram da pesquisa 41 (quarenta e um) estudantes de 4 (quatro) turmas de uma escola estadual do município de Itapipoca-CE. A coleta dos dados foi feita através de um questionário composto por 5 (cinco) perguntas, a análise dos dados foi realizada por meio da metodologia análise de conteúdo. Para cada questão foram criadas categorias que representam as concepções dos estudantes, assim na primeira pergunta foi indagado a frequência que ocorre atividades no laboratório de ciências, ‘às vezes’ foi a categoria que teve maior frequência com 38 vezes, seguida por ‘nunca’, 2 vezes e ‘sempre’ com 1 vez. Diante da realidade escolar, é perceptível inúmeros fatores que impossibilitem essas aulas, o tempo reduzido de aula nas turmas de primeiro ano é um deles. O segundo questionamento buscou saber os conhecimentos prévios dos estudantes acerca do laboratório e os equipamentos que nele existem, a maioria afirmou ter esses conhecimentos, enquanto que 11 disseram não possuir. Quando perguntado se a aula ministrada foi importante para a formação deles, 39 disseram que sim, enquanto 2 afirmaram que não, por ter sido uma aula diferenciada, foi mais atrativa do que uma aula expositiva nos moldes tradicionais. Enquanto a importância atribuída à aula por eles, todos afirmaram ser importante devido à aquisição de novos conhecimentos, aprendizagem acerca do manuseio dos equipamentos do laboratório, estas foram as categorias mais representativas. Por fim, foi questionado acerca da importância de aulas prática no laboratório de ciências, de modo que a maioria, 24, atribuíram a melhoria do aprendizado, ao contato com os objetos do laboratório, 3, e ao manuseio dos equipamentos. Assim, com base nos resultados expostos fica evidente que os estudantes apresentam conhecimentos acerca do laboratório de ciências e atribuem grande importância à aulas neste espaço tanto para a melhoria do aprendizado quanto para um ensino mais atrativo, de modo que o espaço do laboratório de ciências, por si só, já aguça a curiosidade e atrai o aluno.

Veja o artigo completo: PDF