Resumo Trabalho

O PENSAMENTO FILOSÓFICO E A FORMAÇÃO DO EDUCADOR: INVESTIGAR PARA TRANSFORMAR

Autor(es): PAULA KAROLINA ALBUQUERQUE DES SANTOS e orientado por DANIELE KELLY LIMA DE OLIVEIRA

Quando pensamos em conhecimento filosófico estamos diante de um caminho que nos auxilia a compreender as relações estabelecidas no mundo, isto é, um pensamento que nos guia rumo a reflexão profunda das problemáticas efetivas no contexto social, político e econômico, fundamentando teorias nutridas pela realidade concreta. O objetivo deste trabalho é pensar a relação entre a reflexão filosófica e a formação do educador na perspectiva de transformação social, portanto colaborar com a premissa de investigar para transformar. A metodologia aplicada a este trabalho foi a pesquisa qualitativa de caráter bibliográfico fornecida pelas leituras realizadas na disciplina de Fundamentos Históricos, Filosóficos e Sociológicos da educação. Encarando os fatos expostos é imprescindível ao educador o ato de filosofar e ainda mais inspirar seus alunos a fazerem o mesmo, entretanto como bem pontuou Immanuel Kant “[...] nunca se realizou uma obra filosófica que fosse duradoura em todas as suas partes. Por isso não se pode em absoluto aprender Filosofia, porque ela ainda não existe”. (Kant, 1983, p. 407). É esperado que o educador tome conhecimento que o seu dever não é ensinar o meio que leva ao processo filosófico, não a filosofia, de modo que isso não se torne apenas mais um processo repetitivo e de fixar um conteúdo na memória. É do senso comum a ideia de que educar nos separa das questões humanas, enquanto nos colocamos como educadores e os outros são os educando, todavia, não há processo mais humanizador que repassar conhecimento, ensinar dessa forma a filosofia nos aproxima da nossa essência humana e de outros aprofundamentos nos mostrando a sua relevância.

Veja o artigo completo: PDF