Resumo Trabalho

SECAGEM DE SÓLIDOS CERÂMICOS COM FORMA COMPLEXA VIA TÉCNICA ANALÍTICA

Autor(es): ELISIANE SANTANA DE LIMA e orientado por VITAL ARAÚJO BARBOSA DE OLIVEIRA

Os materiais cerâmicos são peças bastante utilizadas pela indústria civil e o seu processo de fabricação compreende diversas fases: exploração das jazidas, tratamento prévio das matérias primas, homogeneização, secagem e a queima. Aqui, ênfase será dada no estudo da secagem de sólidos cerâmicos, visto que, este é um processo termodinâmico de fundamental importância na qualidade do produto e redução de custo de fabricação.O processo de secagem consiste na remoção de umidade de um material através do aquecimento, envolvendo mecanismo simultâneo de transferência de calor e massa entre o material e o ar de secagem, sendo uma importante etapa na conformação de um material cerâmico e argiloso. Neste sentido, este trabalho objetiva a simulação da secagem de sólidos vazados e com forma arbitraria. Para descrever o processo de secagem de materiais porosos utilizou-se a técnica analítica. A aplicação tem sido feita para a secagem de materiais cerâmicos afim de obter resultados cinéticos de perda de massa e calor dos mesmos. Foram simulados diferente casos variando-se a forma do corpo, de onde obteve-se as cinéticas de secagem (perda da umidade) e aquecimento do sólido (aumento de temperatura). A partir da análise dos resultados verificou-se que a secagem ocorre no período de taxa de secagem decrescente e sólido com relação área/volume mais elevada perde umidade e se aquece mais rápido. Apesar dos problemas apresentados devido à rápida secagem, e necessidade de um controle rigoroso do processo observou-se que o tempo de secagem nesta pesquisa foi muito longo.

Veja o artigo completo: PDF