Resumo Trabalho

METODOLOGIA ALTERNATIVA NA EDUCAÇÃO BÁSICA

Autor(es): ISADORA REGINA GALDINO DA SILVA e orientado por KELÂNIA FREIRE MARTINS MESQUITA

O ensino oferecido nas instituições formais de educação no Brasil, segundo dados de 2015 publicados pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), não tem se mostrado satisfatório. Tratam-se de dados preocupantes que devem compor a análise de qualquer grupo de docentes, em todos os níveis formativos, do básico ao superior. Na Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), o Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (PIBID) os professores de química do ensino básico, tem desenvolvido a partir de planos de trabalho junto a três escolas do ensino médio da cidade de Mossoró, uma série de iniciativas de cunho didático/pedagógico, com intuitos claros. No Centro de Educação Integrada Professor Eliseu Viana (CEIPEV) reúne-se alunos de diferentes turmas para desenvolver desde a ideia inicial do enredo, passando pelo roteiro, com a descrição detalhada da peça de cada cena, os elementos textuais, musicais e corporais. Para tanto, os estudantes são conduzidos através de oficinas especificas para cada dimensão, todas elas coordenadas por bolsistas PIBID. A escolha didática tem se traduzido para os estudantes da escola em momentos de descontração e motivação tanto para estudar, quanto para construir novas maneiras de se relacionar com professores e colegas. A partir do entendimento da importância dos jogos, do teatro e das Histórias em Quadrinhos para o ensino de química, foram produzidos por alunos em diferentes temas na matéria de química, produtos didáticos com temas diversos. Como forma de divulgar e valorizar o trabalho produzido pelos estudantes da escola, foi organizado o Primeiro Festival de Artes e Ciência no CEIPEV para a apresentação dos produtos.

Veja o artigo completo: PDF