Resumo Trabalho

EVIDÊNCIAS SOBRE GRUPOS DE PESQUISA E INICIAÇÃO CIENTÍFICA NA FORMAÇÃO DE PROFESSORES DE EDUCAÇÃO FÍSICA: UMA REVISÃO INTEGRATIVA

Autor(es): THAIDYS DA CONCEIÇÃO LIMA DO MONTE e orientado por SÍLVIA MARIA NÓBREGA THERRIEN

A formação para a pesquisa apresenta-se como uma vertente importante dentro da formação de professores. No entanto, um dos espaços dentro das universidades que pode fortalecer essa formação científica, muitas vezes não é utilizado por todos os alunos, dentre eles destacamos os grupos de pesquisa. Compreendemos que a iniciação científica vivenciada nos grupos de pesquisa na área da Educação Física, pode servir de base para uma formação mais ampliada e significativa para os alunos, no que se refere a formação para a pesquisa. Sendo assim, o objetivo geral desse estudo é investigar a produção científica na Biblioteca Digital de Educação Física, Esporte e Lazer sobre as temáticas: grupos de pesquisa e iniciação científica. A metodologia utilizada para o alcance do objetivo proposto foi uma revisão de literatura do tipo revisão integrativa na Biblioteca Digital de Educação Física, Esporte e Lazer – BDFEL. Como critérios de inclusão definimos um marco temporal de 10 anos, ou seja, artigos publicados entre 2005 e 2015, também delimitamos artigos que estivessem escritos em língua portuguesa. Com o intuito de realizar as buscas, utilizamos dois descritores: Grupos de Pesquisa e Iniciação Científica, como a base de dados escolhida é especificamente da área de Educação Física, não utilizamos esse termo como descritor. Após as análises encontramos apenas (n=2) artigos que se enquadravam em nossos critérios de inclusão, em seguida fizemos uma leitura e análise reflexiva sobre os trabalhos encontrados. Concluímos inicialmente que em uma base de dados específica da área da Educação Física existe uma escassez de produção referente a grupos de pesquisa e iniciação científica, e que as discussões apresentadas nos dois trabalhos encontrados são relacionadas a participação de alunos em semanas de iniciação científica , destacando a importância desse momento formativo e a análise de produção científica na área da Biomecânica, o que nos leva a vislumbrar que a participação de licenciandos em grupos de pesquisa se faz necessária para um fortalecimento da formação científica.

Veja o artigo completo: PDF