Resumo Trabalho

INFLUÊNCIA DO TIPO DE AGREGADO NO PESO ESPECÍFICO DO CONCRETO SIMPLES

Autor(es): MILA THAIS REZENDE E SILVA e orientado por ANA MARIA GONÇALVES DUARTE MENDONÇA

Os impactos ambientais gerados pela indústria da construção civil trouxeram a necessidade do estudo de materiais que possam substituir agregados na confecção do traço do concreto e encontrar uma destinação adequada para aqueles que podem ser reciclados como o PET (Politereftalato de etileno). Essa substituição possibilita o uso de materiais de fontes renováveis evitando escassez daquelas que já são utilizadas nos concretos convencionais. As pesquisas a respeito indicam que o PET é o material mais utilizado para esse fim e substitui o agregado miúdo percentualmente em peso ou volume. Essa incorporação tem sido considerada benéfica não apenas pela questão ambiental, mas por trazer bons resultados ao concreto como redução do peso específico, módulo de elasticidade e aumento da ductilidade das amostras. Para avaliar essa incorporação ao concreto, foi realizada a caracterização do material e em seguida, a dosagem dos mesmos, realizada a partir da metodologia estabelecida pela ABCP – Associação brasileira de Cimento Portland e determinação dos teores de PET triturado a serem inseridos no traço do concreto. Logo após foi realizada a moldagem dos corpos de prova. Os resultados mostraram-se coerentes e indicaram uma diminuição do peso unitário do corpo de prova em relação ao corpo de prova de referência, que tem como agregado a areia, a partir do aumento do teor de PET triturado, chegando a uma redução de 10%. O que indica uma resposta positiva da incorporação desse material ao concreto, principalmente no que diz respeito sua aplicação em obras de construção civil, quanto ao transporte, manuseio e diminuição de cargas nas estruturas.

Veja o artigo completo: PDF