Resumo Trabalho

USANDO APLICATIVOS DE RASTREAMENTO DE MOVIMENTO VIA SMARTPHONES, PARA MEDIR MOVIMENTOS.

Autor(es): ALEXANDRE GONÇALVES PINHEIRO e orientado por NILDO LOIOLA DIAS E FRANCISCO ADEIL GOMES DE ARAúJO

Sabe-se que o uso de dispositivos móveis tem se disseminado com velocidade exponencial nas salas de aula, independente da renda do aluno. Cada aluno hoje possui seu próprio computador de portátil, seja telefone, MP3 players (iPods), Tablets, etc... E diante deste avanço é necessário se adequar para uma nova realidade de aula. Uma aula que se utilize das ferramentas computacionais, torna-se uma aula mais atrativa. Em física, por se tratar de uma disciplina, em que os movimentos dos objetos estão presentes, faz-se necessário o uso da câmera do celular, não só para registrar, quanto mensurar este movimento. No mercado dos dispositivos móveis, existem três sistemas operacionais Android, iOS e Windows Phone. Mas nem todos possuem aplicativos robustos, e que sejam rápidos. O Android apesar de popular, roda em camadas e isso o torna lento, basta baixar um aplicativo de piano e ver o atraso entre a pressão e o som. Claro que isso ocorre nas versões mais antigas, abaixo da 4.4. Já o iPod Touch 5G assim como o iPhone 4S em diante e os iPads, são ideiais não só para música, mas para edição de vídeos e processamento de imagens. Já o Windows Phone carece de aplicativos, sendo menor a sua comunidade. O trabalho visa abordar o uso dos SMART fones, como ferramenta para aulas de laboratório de física. Através do aplicativo VideoPhysics da Vernier. Através de experimentos já feitos, pudemos mensurar não só as velocidades, quanto a trajetória e as funções horárias de X e Y. O programa é bastante preciso, desde que seja inserida uma medida de referência. E só funciona no iOS. Para isso fora usado um iPod Touch 5G.

Veja o artigo completo: PDF