Resumo Trabalho

AVALIAÇÃO DO DESEMPENHO ESCOLAR DE UMA TURMA DE ESCOLA PROFISSIONALIZANTE SOB A ÓTICA DA PROGRESSÃO PARCIAL

Autor(es): FRANCISCO WILAME DO NASCIMENTO ALVES e orientado por EDINILZA MARIA ANASTÁCIO FEITOSA

A progressão parcial é uma política educacional no qual o aluno avança à série seguinte com pendência em algum componente curricular da série anterior. Tal mecanismo visa à redução do índice de repetência. Na realidade de uma escola de ensino profissionalizante no Ceará, o aluno só poderá realizar a progressão parcial se estiver com pendência em até três componentes curriculares. Acima disso, o estudante não é promovido e repete todo o ano letivo. Diante do exposto, buscou-se neste trabalho avaliar o rendimento de oito alunos de uma turma de 3º ano que participaram da progressão parcial na disciplina de Química no primeiro semestre de 2017. Estes alunos foram acompanhados por um grupo de bolsistas do subprojeto PIBID Química, que produziram listas de exercícios e exames para as avaliações. Na metodologia do trabalho se coletou as notas desses alunos em Química referente aos 1º e 3º bimestres do 2º ano e as notas obtidas por eles na progressão parcial. Os resultados demonstraram que esse processo, a progressão parcial, serve como um estímulo ao aluno em melhorar seu desempenho escolar, pois só trabalha apenas os conteúdos em que este apresentou dificuldade de aprendizagem. Como a progressão parcial oportuniza o acompanhamento específico de cada aluno, é necessário que a escola esteja preparada para assumir novas metodologias e tenha condições necessárias para realizar esse trabalho. A comparação das notas obtidas pelos alunos em 2016 e após passarem pelo processo de progressão, apesar de não garantir que a aprendizagem foi significativa, sugere que ela em alguma medida ocorreu o que pode ser evidenciado pela evolução das notas obtidas pelos alunos após a progressão parcial.

Veja o artigo completo: PDF