Resumo Trabalho

AVANÇOS E RETROCESSOS NA DINÂMICA DAS AULAS DE ORÇAMENTO CORPORATIVO: UMA REALIDADE À PROVA

Autor(es): FRANCISCO ISIDRO PEREIRA

Alcançar o melhor do ensino é sempre um dilema pois o mesmo deve estar concatenado com a melhor aprendizagem do aprendiz. A questão é: como atingir o melhor? Vivendo em um país de baixa performance educacional, o desafio se perfila hercúleo, a ponto de nem tudo se possível. Tendo como subsídio o questionamento como estratégia para evocar o pensamento reflexivo e crítico do ensino de orçamento empresarial do curso de Ciências Contábeis da Universidade Federal do Ceará, o estudo em tela identifica entraves no ensino, relata causa de eventos em sala de aula e reflexões das próprias ações e delineia esforços no sentido de aumentar o próprio êxito e dos alunos. Trata-se de um estudo de caso intrínseco haja vista a peculiaridade de investigar um problema prático de docência cujo interesse é no caso em si, conhecer mais aquela unidade específica. O principal instrumento de coleta de dados foi o cérebro do professor/pesquisador, como unidade única de estocagem de informações memorizadas e que se recorre a extensão da memória, permitindo assim a transmissão memorial por meio de seu registro, contemplando uma janela temporal de 2009-2017.1. Sobressaiu-se também a observação participante das aulas, a análise documental como o plano de aula, as produções dos discentes e a captação de comentários de atores como os próprios alunos, funcionários e o titular da coordenação do Curso. A renovação das ações educacionais por ora ainda não manifestou um desempenho diferente do que era. Porém a procura pela disciplina aumentou.

Veja o artigo completo: PDF