Resumo Trabalho

ESTAGIO SUPERVISIONADO NO ENSINO FUNDAMENTAL: VINCULANDO TEORIA E PRÁTICA NA FORMAÇÃO DOCENTE

Autor(es): JEFERSON ALVES MOURA e orientado por ISABEL CRISTINA HIGINO SANTANA

Sabe-se que os cursos de formação de professores necessitam atrelar o teórico visto em sala com a prática do exercício decente. O Estágio Supervisionado caracteriza-se como componente curricular obrigatório dos cursos de licenciatura que se propõe oportunizar ao professor em formação experienciar o fazer da profissão docente, proporcionando assimilar os conteúdos teóricos vistos no curso com a atividade da profissão do professor, contribuindo assim para a construção da identidade docente. Assim, o presente trabalho objetiva investigar como os estagiários que cursaram o ESEF no período de 2016.2 no Curso de Licenciatura em Ciências Biológicas da Faculdade de Educação de Itapipoca-CE vincularam sua Formação Teórica com a Prática Docente vivenciada durante a realização do estágio. Para a concretização do presente estudo, utilizou-se uma pesquisa qualitativa de cunho exploratório. Na a coleta de dados foi utilizado o recurso questionário, este conteve quatro questões abertas que foram direcionadas aos estudantes do curso de licenciatura em Ciências Biológica da disciplina de Estágio Supervisionado no Ensino Fundamental da FACEDI/UECE no período 2016.2. Para a analise dos dados empregou-se a técnica de análise de conteúdo. A primeira indagação diz respeito às contribuições do ES no processo formativo dos colaboradores, obtendo duas categorias que se sobressaíram, uma relacionada com o contato do estagiário com o ambiente escolar, agora não mas como alunos, e sim como professores em formação, mudando sua forma de enxergar e perceber a escola e a outra relaciona-se com a experiência do licenciando com o magistério, ou seja, o fato de o estágio proporcionar aos estudantes experienciar o fazer docente. O segundo questionamento é relacionado às implicações do ESEF para a construção docente dos licenciando, tendo como categoria mais frequente relacionada às experiências proporcionadas pelo estágio, em que o estagiário pode experienciar várias atividades dentro do seu futuro âmbito de trabalho, aprendendo, sobre uma perspectiva crítica, com os erros e procurando assertivas. A terceira pergunta feita aos colaboradores da pesquisa é relacionada aos fatores pedagógicos construídos durante o estágio, com ênfase em duas categorias, uma ressaltando a importância do planejamento feito pelo professor para ministrar suas aulas e a outra relacionada às formas metodológicas utilizadas dentro de sala de aula visando à assimilação do conhecimento pelos alunos. Na quarta pergunta, investigou-se a adequação do currículo de formação dos licenciando para o embasamento teórico que contemple sua formação docente. Nesta a grande maioria dos colaboradores afirmaram que o currículo se adéqua. Destaca-se que o curso de formação por si só não contempla os saberes teóricos necessários a formação docente, tendo o licenciando de buscar estratégias que contribua para esse processo formativo. Conclui-se que o Estágio Supervisionado é um componente curricular que desempenha um importante papel na formação de professores e vai imiscuir-se em quem estagia, por ser um local de diálogo entre o licenciando com ambiente e todos que compõe seu futuro local de atuação profissional e por isso deve ser pensado e encarado como uma forma de aproximação e reflexão do licenciando com a docência a fim de prepará-lo para exercer o magistério.

Veja o artigo completo: PDF