Resumo Trabalho

JUVENTUDE, POLÍTICA E RELIGIÃO: UM ESTUDO SOBRE A INFLUÊNCIA DA RELIGIÃO NA AÇÃO POLÍTICA DE JOVENS DA PERIFERIA DE FORTALEZA.

Autor(es): RONALDO DE SOUSA ALMEIDA

A pesquisa tem como objetivo investigar a inter-relação entre as temáticas – juventude, política e religião –, no cotidiano de jovens da periferia em Fortaleza. O projeto integra a pesquisa em andamento intitulada A política na vida de jovens da periferia de Fortaleza: compreensão e formas de expressão no Parque Santa Filomena do grupo de pesquisa Políticas Públicas, Educação, Movimentos Sociais e Juventudes da Faculdade de Educação da UFC. O estudo busca identificar em que medida a dimensão religiosa, e suas práticas diversas presentes nas comunidades, influenciam ou não na construção das noções e do exercício de fazer política dos jovens. Em nossa investigação trabalhamos a noção de juventude “s” levando-se em consideração os aspectos sociais, culturais e históricos que compõem as especificidades e diversidades desse grupo social (Dayrell, 2007; Carrano, 2008; Diógenes, 2009; Cavalcante, 2011). Em relação a dimensão política, utilizamos as noções desenvolvidas por Arendt (2008), Nogueira (2001) e Freire (1998, 1993) cujas análises remetem ao exercício inesgotável de reflexão e pensamento crítico diante das questões do cotidiano, partindo-se da necessária leitura do mundo para transformação da realidade. Após o estudo da bibliografia e levantamento exploratório de dados, a abordagem qualitativa da pesquisa prevê a realização de entrevistas, observações, oficinas, conversas informais e a análise de fragmentos de histórias de vida dos participantes. Por fim, o desafio de tecer tais considerações emerge da necessidade de promover camadas interpretativas da realidade a partir de elementos de interseção entre – juventude, política e religião – no intuito de aprofundar nossa compreensão sobre a influência ou não da dimensão religiosa na construção (pelos jovens) de noções acerca da política e em seu exercício no cotidiano da periferia.

Veja o artigo completo: PDF