Resumo Trabalho

MÉTODO CANGURU NO MANEJO DA DOR DE RECÉM-NASCIDOS PREMATUROS EM UNIDADE TERAPIA INTENSIVA NEONATAL: REVISÃO INTEGRATIVA DA LITERATURA

Autor(es): MÍRIA KAYNY DA SILVA LEÃO, LUÍS EDUARDO SOARES DOS SANTOS e orientado por SIMONE BARROSO DE CARVALHO

DURANTE OS CUIDADOS PRESTADOS À RECÉM-NASCIDOS DENTRO DE UMA UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA SÃO REALIZADOS MUITOS PROCEDIMENTOS QUE, POR VEZES, PODEM ACARRETAR MAIS DESCONFORTO E DOR. CONSIDERANDO A IMPORTÂNCIA DO CONHECIMENTO SOBRE AS FORMAS EFETIVAS DE MINIMIZAR O ESTRESSE E A DOR DURANTE PERÍODO DE INTERNAÇÃO, ESTE ESTUDO OBJETIVA ANALISAR O USO DO MÉTODO CANGURU NO MANEJO DA DOR DE NEONATOS EM UMA UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA NEONATAL. TRATA-SE DE UMA REVISÃO INTEGRATIVA, ORIENTADA PELA ESTRATÉGIA PICO ADAPTADA PARA PIC. A BUSCA FOI REALIZADA NA BIBLIOTECA VIRTUAL EM SAÚDE NA BASES DE DADOS DO MEDLINE, SCIELO E LITERATURA CINZENTA. A PARTIR DA ESTRATÉGIA DE BUSCA FOI POSSÍVEL REUNIR 37 PRODUÇÕES, NAS QUAIS, SEGUINDO OS CRITÉRIOS DE ELEGIBILIDADE, APENAS 8 FIZERAM PARTE DO CORPUS DO ESTUDO. O ATO DO TOCAR COM AS MÃOS OU A APROXIMAÇÃO DO NEONATO JUNTO AO CORPO DURANTE O MÉTODO-CANGURU, ENVOLVIDO POR SENTIMENTO DE AMOR, TORNA-SE AGRADÁVEL PARA O BEBÊ E TRANSMITE SENSAÇÃO DE BEM-ESTAR. ALÉM DISSO, A SUCÇÃO NÃO NUTRITIVA PODE SER USADA COMO MÉTODO DE ALÍVIO DA DOR, POIS HÁ LIBERAÇÃO DE SEROTONINA DURANTE A SUCÇÃO RÍTMICA, INIBINDO A HIPERATIVIDADE E DIMINUINDO O DESCONFORTO. A PRESENTE REVISÃO MOSTROU QUE A TEMÁTICA SOBRE O MÉTODO-CANGURU NO MANEJO DA DOR DE NEONATOS EM UNIDADES DE INTERNAÇÃO INTENSIVA É PERTINENTE, VISTO QUE O APRIMORAMENTO DE MÉTODOS OU TÉCNICAS NÃO-FARMACOLÓGICAS SÃO NECESSÁRIAS E CAPAZES ALCANÇAREM RESULTADOS POSITIVOS FRENTE AO ALÍVIO DA DOR.

Veja o artigo completo: PDF