Resumo Trabalho

O USO DA CAMISINHA ENTRE ADOLESCENTES DO ENSINO MÉDIO DE UMA ESCOLA DA REDE PÚBLICA DE FORTALEZA.

Autor(es): DEYSE MARIA ALVES ROCHA e orientado por PATRICIA NEYVA DA COSTA PINHEIRO

Introdução: A adolescência é definida cronologicamente pela Organização Mundial da Saúde (OMS) como o período compreendido entre os 10 e os 19 anos de idade, fase esta que, geralmente, inicia-se a atividade sexual. Tal prática envolve atitudes de grande importância para os adolescentes como o uso de métodos contraceptivos e o uso da camisinha. As infecções sexualmente transmissíveis são atualmente um dos principais problemas da saúde pública brasileira, pois são grupos de doenças causado por mais de 30 agentes etiológicos e sua principal via de contato é a sexual, sendo o preservativo o principal método de prevenção. Objetivo: Relatar experiência acerca da elaboração e execução de uma atividade educativa voltada para a prevenção do HIV por meio da camisinha em estudantes do terceiro ano do ensino médio da escola estadual Estado do Amazonas. Metodologia: Trata-se de um estudo descritivo, do tipo relato de experiência, acerca da elaboração e execução de uma oficina com o tema: Vulnerabilidade individual e social dos adolescentes e sua influência no uso do preservativo” na escola da rede pública Estado do Amazonas, localizada em Fortaleza-ce, no mês de outubro de 2016. A amostra foi constituída por 82 estudantes de acordo com os seguintes critérios de inclusão: estar matriculado na escola; estar matriculado no terceiro ano do ensino médio.Os dados foram coletados por meios de cinco técnicas. Resultados e discussões: Os resultados foram analisados separadamente de acordo com pré e pós teste de cada turma. As questões onde houve maior discordância entre a turma foram: quando os alunos eram questionados se deveria usar o preservativo em todos tipos de relação sexual (anal, vaginal e oral) 61.11% afirmaram que era verdadeiro, 22.22% afirmaram que era falso e 16.60% que não sabiam. ; Outra questão muito importante que se deve ser tratada com os adolescentes é sobre a validade do preservativo, o qual muitos não sabem sequer que a camisinha possui data de validade. Conclusão: Concluiu-se que os jovens atualmente tem um conhecimento superficial acerca do uso da camisinha e IST’s e as questões em que o alunos mais tiveram dúvidas foi sobre o uso da camisinha durante o sexo oral e se a camisinha retira ou não o prazer da relação. Percebeu-se também a necessidade de se realizar programas e oficinas sobre este tema, para a maior conscientização dos jovens.

Veja o artigo completo: PDF