Resumo Trabalho

PROMOÇÃO DA SAÚDE PARA CUIDADORES DE UM HOSPITAL PÚBLICO

Autor(es): IRES LOPES CUSTÓDIO e orientado por FRANCISCA ELISÂNGELA TEIXEIRA LIMA

A doença prolongada do paciente gera vários conflitos com a família, como também pessoais, econômicos e sociais, pois existe a necessidade do cuidado e atenção redobrada ao paciente, necessitando um cuidador direto. O objetivo foi promover estratégias de saúde para cuidadores de uma unidade de internamento de um hospital público, a partir de atividades participativas, com vistas a diminuir o índice de dor dos cuidadores. Método: Trata-se de um estudo descritivo e longitudinal, realizado por enfermeiras e psicóloga, sendo desenvolvido no período de agosto a novembro de 2015, em uma unidade de internação de um hospital público, terceirizado, especializado em doenças cardiovasculares e pulmonares, com seis cuidadores que apresentavam ou não queixas de dores e aceitaram participar do estudo. A coleta de dados foi através de um questionário e participação de atividades como alongamento e adesão à postura adequada. Resultados: Observou-se a predominância do sexo feminino (90%). Todos os cuidadores (100%) participaram das estratégias de promoção da saúde realizadas por equipe multiprofissional. Identificou-se que cinco cuidadores (90%) sentiam dores antes das atividades. Foram realizadas atividades de alongamento, auto-postura e técnicas de relaxamento. Todos os participantes (100%) disseram achar importante a utilização das estratégias de saúde. Após as atividades, 100% relataram os benefícios que trouxeram a sua saúde. Todos os participantes (100%) afirmaram que as estratégias realizadas contribuem para a melhoria das suas qualidades de vida, auto-estima e de convivência social entre eles e os profissionais. Conclusão: Conclui-se, portanto, que promover estratégias de saúde para cuidadores que acompanham pacientes internados em hospitais é eficaz. As atividades realizadas pela equipe de multiprofissionais, além de diminuir o índice de dor dos cuidadores, contribuíram para a sua qualidade de vida, pois todos os cuidadores se sentiram mais motivados, assim como influenciados em cuidar mais da saúde e bem estar, após participar das atividades.

Veja o artigo completo: PDF