Resumo Trabalho

DESENVOLVIMENTO DE APLICATIVO EM PLATAFORMA ANDROID PARA DOSAGEM DE CONCRETO DE ALTA RESISTÊNCIA

Autor(es): DYLSON JUNYER DE SOUZA LOPES e orientado por HIDELBRANDO JOSÉ FARKAT DIÓGENES

Apesar do concreto atualmente ser o material mais utilizados na construção civil, com a necessidade de execução de estruturas cada mais duráveis, resistentes e esbeltas, este insumo continua sendo objeto de pesquisas que visam aprimorar as suas propriedades. Como resultado desses estudos surge o Concreto de Alta Resistência (CAR), classificado como um concreto especial, com uso de sílica ativa e aditivos superplastificantes. Segundo Almeida (1992) a incorporação conjunta desses materiais transformou os concretos correntes em verdadeiros superconcretos, com maior durabilidade e resistência superior. O uso do CAR tem viabilizado a execução de obras grandiosas, robustas e arrojadas. Apesar da potencialidade desse tipo de concreto, segundo o ACI 363R-92 (2001), a presença da sílica ativa e superplastificantes, bem como os fatores água/cimento muito baixos fazem com que o CAR tenha dosagem mais crítica e maior dificuldade de se trabalhar, se comparado ao concreto convencional. Frente à maior complexidade da dosagem e da reduzida difusão de metodologias de cálculo nas bibliografias disponíveis, há dificuldade na disseminação do seu emprego. Diante dessa problemática e do crescimento do uso de softwares no âmbito da engenharia, sobretudo os aplicativos móveis (Apps), surge a possibilidade da interação entre tecnologia e engenharia, de forma a aliar a praticidade e eficiência dos Apps à necessidade de buscar mecanismos que auxiliem a dosagem dos concretos tipo CAR. Desse modo, este trabalho tem como objetivo desenvolver um aplicativo intitulado CARApp beta 1.0 para dispositivo móvel em plataforma Android, capaz de fornecer as proporções de cimento, agregados, água, sílica e superplastificante no CAR, com base na resistência à compressão desejada. A partir do App deseja-se prover uma ferramenta auxiliar no processo de determinação do traço dos CAR e com isso estimular o seu emprego. Além dos estudantes de engenharia, espera-se que os profissionais da área também sejam beneficiados. Para atestar a credibilidade do App foram calculados diversos traços com uso do CARApp beta 1.0 e os valores fornecidos pelo aplicativo foram confrontados com traços obtidos a partir de uma segunda metodologia de dosagem sugerida por Aïtcin (2000). A partir da comparação dos resultados, pôde-se verificar que os valores de saída do App são satisfatórios no que se refere à parte analítica da dosagem e à praticidade do aplicativo.

Veja o artigo completo: PDF