Resumo Trabalho

APLICATIVO EDUCATIVO PARA PREVENÇÃO DA INCONTINÊNCIA URINÁRIA – ETAPAS DE CONSTRUÇÃO

Autor(es): DAYANA MAIA SABOIA e orientado por CAMILA TEIXEIRA MOREIRA VASCONCELOS

As Disfunções do Assoalho Pélvico (DAP) são condições clínicas comuns que acometem mulheres em idades variadas, sendo a Incontinência Urinária (IU) a mais prevalente. Estima-se que uma em cada quatro mulheres tenha algum tipo de perda urinária. Durante o puerpério são descritas taxas maiores, estimadas entre 27 e 33%. Dentre os fatores de risco para o seu desenvolvimento estão os fatores obstétricos e o avançar da idade. Contudo, a literatura revela que IU pode ser evitada na maioria dos casos e aponta a Terapia Comportamental como medida recomendada e com resultados positivos. Todavia, percebe-se um desconhecimento por parte das mulheres sobre as formas de prevenção. Diante disso, a educação em saúde mediada por tecnologia educativa surge como estratégia para capacitar os indivíduos a adotarem comportamentos positivos em relação à sua saúde. Assim, o objetivo do presente estudo é construir um aplicativo educativo como tecnologia para prevenção da incontinência urinária em mulheres após o parto. Trata-se de um estudo de desenvolvimento tecnológico, que consiste em construir e desenvolver softwares e outras estratégias tecnológicas. A construção do aplicativo se deu em quatro etapas (modelagem, projeto de navegação, design abstrato da interface e implementação), durante o período de novembro de 2016 a abril de 2017, em Fortaleza, Ceará. A etapa de modelagem foi respaldada pela revisão sistemática das intervenções eficazes realizadas no pós-parto para prevenir a incontinência urinária. Ainda nessa etapa foram decididos os temas a serem abordados no aplicativo e a forma como estes serão apresentados. Na etapa de projeto de navegação foram elaborados os menus, as imagens e a forma de organização dos dados. A aparência do aplicativo foi decidida com a ajuda de um programador de sistemas na fase de interface abstrata. Na última etapa, o aplicativo foi implementado para as plataformas Android e iOS.

Veja o artigo completo: PDF