Resumo Trabalho

INDICADORES ANTROPOMÉTRICOS DE EXCESSO DE GORDURA CORPORAL EM MULHERES IDOSAS HIPERTENSAS

Autor(es): MARALINA GOMES DA SILVA e orientado por JUÇARA BARROSO LEAL

O objetivo do presente estudo é analisar valores de IMC, RCQ e % de gordura na identificação de excesso de gordura corporal em mulheres com mais de 60 anos, hipertensas, tendo como medida de referência a BIA. O estudo caracteriza-se como descritivo correlacional. Para tanto, foram avaliadas 23 mulheres acima de 60 anos e hipertensas. O presente estudo foi desenvolvido em abril de 2017, com idosas, na cidade de Valença, PI. Este estudo faz parte de uma dissertação de mestrado com protocolos de intervenção aprovados sob parecer nº 0008/240811 CEEHA/UNIVASF e acompanham normas da Resolução 466/12 do Conselho Nacional de Saúde. Utilizou-se a estatística descritiva (média, desvio-padrão, valor mínimo e valor máximo) e frequência dos dados. Para identificar a associação entre os escores do IMC e da RCQ com a %G, utilizou-se a correlação de Pearson, no SPSS (versão 20.0), significância p

Veja o artigo completo: PDF