Resumo Trabalho

A TRADUÇÃO INTERSEMIÓTICA DO CONTO BERENICE DE EDGAR ALLAN POE

Autor(es): LILIA RICARDO DE SOUSA e orientado por SAULO GARCIA

A tradução intersemiótica estuda os signos verbais em adaptação ou transformação,em signos não verbais.Ou seja,como uma obra é introduzida em um novo formato,usando o cinema para comunicar-se e refletir sobre as ações do homem. O trabalho tem como analisar até em que ponto pode-se dizer que uma obra literária ao ser adaptada para o cinema ou televisão,é fiel à obra escrita.E também,interroga até onde pode-se dizer que a adaptação teve uma liberdade criativa.A tradução intersemiótica do conto Berenice,de Edgar Allan Poe,é o ponto inicial para essa observação.Isso porque,a obra foi adaptada para o formato série,tendo como titulo original,Berê,do canal Fox. Assim como as outras artes,o formato série de televisão,é voltado para um público alvo.Esse trabalho irá analisar,por meio de intelectuais e admiradores da sétima arte,o equilíbrio entre adaptação e obra original.Perguntas como essas:Será que o telespectador gostou?Será que atingiu a mesma essência da obra literária?Como adaptar a obra perfeitamente sem perder nenhuma informação para a série de televisão?-serão discutidas no trabalho de A tradução intersemiótica do conto Berenice,de Edgar Allan Poe.Como a mídia entederá que a obra original não perde a sua essência ao ter outro formato para comunicar-se. Analisar um texto que foi adaptado para as telas,tem como reflexão,a importância da essência e por que não,a originalidade das pessoas envolvidas no projeto.Intersemiose,é a observação de um povo através do tempo e da cultura dessa sociedade.Nesse trabalho,a análise foi entre livro e cinema.Ou seja,a sétima arte e a arte da escrita.Edgar Allan Poe e o série Berê,tem em comum a busca do original e o estudo de obras e suas finalidades.

Veja o artigo completo: PDF