Resumo Trabalho

ESTUDO DA UTILIZAÇÃO DE BORRACHA DE PNEU E PÓ DE PEDRA NO CONCRETO EM SUBSTITUIÇÃO AOS AGREGADOS

Autor(es): JOSÉ ANSELMO DA SILVA NETO e orientado por MARCOS SEVERINO DE LIMA

O acentuado consumo de recursos naturais por meio da indústria da construção civil tem motivado inúmeros estudos referentes à aplicação de resíduos que substituam parcialmente ou totalmente alguns materiais como, por exemplo, os agregados. Dessa forma, há uma redução do impacto ambiental a qual é causada pela extração da areia e pelo processo de britagem. A aplicação do pó de pedra oriundo dessa metodologia como agregado para a produção de concretos de cimento Portland é uma alternativa viável, tendo em vista que este material (pó de pedra) é considerado como rejeito no processo de britagem, além dos danos ambientais que sua exploração ocasiona ao meio ambiente. O material citado possui custo reduzido se comparado ao da areia natural pelo fato de ser produzido nos canteiros das próprias pedreiras, onde são localizadas próximas aos grandes centros urbanos. A utilização da borracha do pneu para confecção do concreto tem como objetivo substituir o agregado graúdo com a finalidade de atingir resistência e uniformidade similares. Além disso, há a possibilidade de desenvolver um concreto que cause menor impacto ambiental e, consequentemente, contribui para o desenvolvimento sustentável aplicado ao setor da construção civil. Nessa pesquisa científica é realizada a incorporação desses materiais para que supra e acrescente as propriedades mecânicas e físicas, cujas são de extrema importância para o desenvolvimento de um concreto resistente de acordo com as normas em vigor e com o intuito de proporcionar práticas construtivas com modelos sustentáveis de habitação. Desta forma pode-se concluir que esta opção é recomendada tanto pelo aspecto tecnológico como pelo aspecto ambiental.

Veja o artigo completo: PDF