Resumo Trabalho

LEITURA: PERSPECTIVAS DE PRÁTICAS PARA A FORMAÇÃO DO ALUNO LEITOR

Autor(es): FRANCISCO ROBERTO DINIZ ARAÚJO , DÉBORA ARAÚJO LEAL e orientado por FRANCISCO ROBERTO DINIZ ARAÚJO

A AÇÃO DOCENTE ENCONTRA-SE CADA VEZ MAIS NO CENTRO DO DEBATE ACERCA DE SUA IMPORTÂNCIA NO PROCESSO DE CONSTRUÇÃO DO CONHECIMENTO E AMPLIAÇÃO DAS INTERAÇÕES SOCIAIS. OS AVANÇOS COMUNICACIONAIS OCORRIDOS NOS ÚLTIMOS ANOS COLOCAM A CAPACIDADE DE REFLEXÃO DOS SUJEITOS CADA VEZ MAIS EM EVIDÊNCIA. ASSIM SENDO, A LEITURA ASSUME UM PAPEL PREPONDERANTE NO CENÁRIO DAS AÇÕES DE MELHORIA DA EDUCAÇÃO E DA CAPACIDADE DE COMUNICAÇÃO ESPERADA PELOS INDIVÍDUOS. DIANTE DESSA QUESTÃO SE FAZ INTERESSANTE OBSERVAR COMO O ENSINO DA LEITURA VEM SENDO DESENVOLVIDO NOS ANOS INICIAIS, VISTO SER O PERÍODO EM QUE OS ALUNOS INICIAM SEU CONTATO COM O SABER INSTITUCIONALIZADO E DE QUE FORMA A PRÁTICA PEDAGÓGICA CONTRIBUI PARA A FORMAÇÃO DELEITORES CRÍTICOS E REFLEXIVOS. SÃO QUESTÕES QUE PROVOCAM A NECESSIDADE DE OBSERVAR COMO AS AULAS DE LEITURA SÃO DESENVOLVIDAS. PARTINDO DESSES QUESTIONAMENTOS, É UM ESTUDO QUE TOMA COMO PRINCÍPIO OS CONCEITOS DE LEITURA COLOCADOS POR FREIRE (1995); MELO (2012); OS PARÂMETROS CURRICULARES NACIONAIS (1997) DENTRE OUTROS QUE CONTRIBUEM PARA A REFLEXÃO ACERCA DO ENSINO DE LEITURA. NO INÍCIO SÃO FEITAS ALGUMAS CONSIDERAÇÕES ACERCA DA IMPORTÂNCIA DO HÁBITO DE LER NO MUNDO CADA VEZ MAIS LETRADO E TAMBÉM ALGUMAS OBSERVAÇÕES SOBRE A PRÁTICA PEDAGÓGICA, NO SENTIDO DE ESTABELECER UMA RELAÇÃO OBSERVADA NA ANÁLISE DAS AULAS. AO FINAL SÃO TECIDOS ALGUNS COMENTÁRIOS SOBRE OS RESULTADOS OBTIDOS.

Veja o artigo completo: PDF