Resumo Trabalho

A CORRELAÇÃO ENTRE OS TRANSTORNOS DE ANSIEDADE E DEPRESSÃO E O DESEMPENHO ESCOLAR DE ALUNOS DA REDE PÚBLICA

Autor(es): JULIANA LETÍCIA ALVES DOS SANTOS, MAXWELL GOMES DA SILVA e orientado por SAULO VERÇOSA NICÁCIO

O INTUITO DA PESQUISA É RELACIONAR A PRESENÇA DOS SINTOMAS DE DEPRESSÃO E ANSIEDADE, COM O DESEMPENHO ESCOLAR DE JOVENS ENTRE 16 E 20 ANOS MATRICULADOS NA REDE PÚBLICA NA CIDADE DE MACEIÓ- ALAGOAS. PRIMEIRAMENTE, REALIZOU-SE UMA PESQUISA EXPLORATÓRIA DE TRABALHOS QUE TRATAM DO PROBLEMA DA DEPRESSÃO EM JOVENS, BEM COMO, A REALIZAÇÃO E ANÁLISE DE COLETA DE DADOS, OBTIDOS ATRAVÉS DA APLICAÇÃO DE UM QUESTIONÁRIO BASEADO NO GOLDBERG DEPRESSION INVENTORY DO DR. IVAN GOLDBERG, E EM QUESTIONÁRIOS SOCIOECONÔMICOS PROPOSTOS PELO INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA, COM A FINALIDADE DE VERIFICAR SE HÁ ALGUM INDICATIVO DE AUMENTO OU RECORRÊNCIA DE CASOS DE DEPRESSÃO NOS ALUNOS E QUAIS FATORES EXTERNOS PODEM SER AGRAVANTES. AO ANALISAR OS RESULTADOS OBTIDOS NESTE TRABALHO, PERCEBEMOS QUE HÁ UMA RELAÇÃO ENTRE O COEFICIENTE DE APRENDIZAGEM DOS ESTUDANTES E A POSSÍVEL PRESENÇA DE TRANSTORNOS DE ANSIEDADE E DEPRESSÃO, UMA VEZ QUE, AS TURMAS QUE APRESENTAVAM UM BAIXO RENDIMENTO NAS AVALIAÇÕES, ERAM AS MESMAS QUE POSSUÍAM ALTOS ÍNDICES DESSAS PSICOPATOLOGIAS.

Veja o artigo completo: PDF