Resumo Trabalho

UTILIZAÇÃO DO MÉTODO QUÂNTICO PM7 PARA CARACTERIZAÇÃO DO ROTENOIDE DEGUELINA: UM AGENTE CONTRA O AEDES AEGYPTI

Autor(es): MARCOS AURÉLIO CARPINA DE OLIVEIRA FILHO e orientado por EMMANUEL SILVA MARINHO

: O Aedes aegypti é um vetor de transmissão de diversas doenças, entre elas Dengue, Zika e Chikungunya, arbovíroses emergentes que, por ano afligem mais de 50 milhões de pessoas no mundo .O uso de plantas toxicas no controle de pragas, vem ganhando um forte espaço na agricultura orgânica, onde podemos destacar os o Timbó-verdadeiro (Deguelia utilis) pertencente à família das leguminosas, que apresenta em sua composição a Deguelina, uma rotenona com efeitos larvicidas contra Aedes aegypti. Nesse contexto o presente trabalho teve como objetivo utilizar o método quântico semi-empirico Parametric Method 7, para caracterizar estrutural e eletronicamente o rotenoide Deguelina. Na primeira etapa da pesquisa, foi utilizado o repositório EPA- Chemistry Dashboard® para obter informações sobre as propriedades intrínsecas e estruturais, na segunda etapa foi utilizada a metodologia proposta por Dewar e colaboradores (1985) para otimizar a estrutura e obter parâmetros energéticos, sendo que nessa etapa foi utilizado o software MOPAC 2016, configurado para realizar método semi-empírico Parametric Method 7. Na terceira etapa, utilizando os dados gerados no processo de otimização foi plotado o mapa de superfície de Van der Waals, MESP, HOMO e LUMO. Com o processo de otimização foi possível caracterizar energeticamente a Deguelina, obtendo os valores de energia total (-4892.96261 eV), energia eletrônica ( -9015.35293 eV), calor de formação ( -759.48492 KJ/mol), energia dielétrica ( -1.21270 eV) e momento dipolar (4,34728 D). Com relação a conformação estrutural foi obtida uma estrutura não linear, onde se destacam os ângulos de 114º (O1,C12,C15), 114,7º (C10,C8,01), 119,2º(C16,C9,C7), 120.7º(C7,C9,C14) .Utilizando os dados da otimização foi possível identificar através do MESP, os sítios nucleofílicos (O2, O3, O4 E O5) e os sítios eletrofílicos (C26,C27,C28 e C29), e caracterizar os orbitais de fronteira, onde o HOMO, possui forma simétrica entre as fases positivas e negativas, sendo formado pela contribuição dos átomos Carbono (C9,C14,C16,C24 E C25) e Oxigênio (O2,O5,O6 e uma pequena contribuição do O4), apresentando uma energia de -8,2427 eV , o orbital LUMO, também simétrico entre as fase positivas e negativas, foi formado pela contribuição dos átomos de Carbono (C11,C13,C15,C18,C19,C21,C23 e uma pequena contribuição do C22) e Oxigênio(O3 e O4), com um energia no valor de -0,4459 eV. Concluindo que a utilização da métodos quânticos semi-empirico, traz enormes vantagens e benefícios para o entendimento estrutural e eletrônico de sistemas moleculares, pois utilizando o método semi-empirico Parametric Method 7 foi possível otimizar a estrutura do rotenoide Deguelina, caracterizando sua estrutura tridimensional na conformação mais estável, plotar o MESP, os orbitais de fronteira, e calcular descritores moleculares que ajudam a prever a formação de ligações químicas e as propriedades físicas e químicas do composto. Sendo o presente trabalho uma etapa fundamental para futuros estudos de modificação estrutural, visando compreender o potencial larvicida da Deguelina frente as larvas do Aedes aegypti.

Veja o artigo completo: PDF