Resumo Trabalho

PERFIL DA FORMAÇÃO DOCENTE NO CURSO DE LICENCIATURA EM QUÍMICA

Autor(es): LIZANDRA ALVES DE OLIVEIRA e orientado por KELANIA FREIRE MARTINS MESQUITA

O presente trabalho analisa o perfil de 7 docentes do curso de licenciatura em química, integrantes do Departamento de Química da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, considerando especialmente a sua formação inicial. Demonstrando que a prática docente apresenta significativa influência da formação inicial do profissional, o docente da Educação Superior precisa ser um múltiplo profissional, para ser capaz de ensinar, pesquisar, realizar a extensão e avaliar. Ou seja, o docente, como o principal agente profissional operador do processo de aprendizagem e de ensino, em toda as fases de sua vida, deverá construir uma prática reflexiva que lhe exigirá formação contínua, tanto objetivando a adaptação a novos contextos sociais e culturais, quanto ao concernente a aspectos próprios da evolução da prática pedagógica. Além disso, ainda precisa estar apto a formar o profissional, fazer orientações acadêmicas (TCC, dissertação de mestrado, tese de doutorado) e ser gestor. Assim, ao iniciar a carreira, o professor possui uma gama de conhecimentos limitada à sua área de atuação, não tendo, portanto, os conhecimentos pedagógicos necessários à realização do ensino. Diante do pressuposto colocado, foi realizada uma coleta de dados feita a partir da aplicação de um questionário estruturado, com um total de 12 perguntas e aplicado durante no mês de junho/2017 com docentes de química da UERN com o uso de uma ferramenta online para coleta de dados. Demonstrado, a partir da análise dos dados que a prática docente apresenta uma significativa influência na formação inicial do profissional, seja ele licenciado ou bacharel.

Veja o artigo completo: PDF