Resumo Trabalho

ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM AO PACIENTE COM TRANSTORNO DO ESPECTRO AUTISTA (TEA): PERSPECTIVAS A PARTIR DE UM RELATO DE EXPERIÊNCIA

Autor(es): KADIJA CRISTINA BARBOSA DA SILVA, MARIA LUZIENE DE SOUSA GOMES e orientado por LUÍS EDUARDO SOARES DOS SANTOS

INTRODUÇÃO: O TRANSTORNO DO ESPECTRO AUTISTA TEM É UMA SÍNDROME NEUROPSIQUIÁTRICA EVIDENCIADA POR MANIFESTAÇÕES COMPORTAMENTAIS ACOMPANHADAS POR DÉFICITS NA COMUNICAÇÃO E INTERAÇÃO SOCIAL. METODOLOGIA: O PRESENTE TRABALHO TRATA-SE DE UM ESTUDO DESCRITIVO DO TIPO RELATO DE EXPERIÊNCIA PRODUZIDO A PARTIR DE VIVÊNCIAS DE ACADÊMICOS DE ENFERMAGEM DURANTE O ESTÁGIO CURRICULAR II, NO CURSO DE ENFERMAGEM DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ-CSHNB. DESENVOLVIMENTO: VISANDO A EFETIVIDADE DE RESOLUÇÃO E ATENÇÃO À SAÚDE DESSAS PESSOAS, É DE SUMA IMPORTÂNCIA FORTALECER A REDE CONFORME AS DIRETRIZES DEFINIDAS E, MAIS DO QUE ISSO, É PRECISO RESPEITAR E DAR VISIBILIDADE AOS MOVIMENTOS SINGULARES EXISTENTES, NA CONDIÇÃO DE UMA REDE RESOLUTIVA. RESULTADOS E DISCUSSÃO: COM A SISTEMATIZAÇÃO DA ENFERMAGEM PODEMOS TRAÇAR UM PERFIL DE CUIDADO INDIVIDUALIZADO BASEADA NOS DIAGNÓSTICOS DE ENFERMAGEM E PLANEJAMENTO DAS AÇÕES, PODE-SE INTERVIR COM TECNOLOGIAS LEVES, ATRAVÉS DE EDUCAÇÃO EM SAÚDE PARA OS RESPONSÁVEIS E ATIVIDADES LÚDICAS QUE DESPERTEM O INTERESSE DA CRIANÇA E SIRVA DE ESTÍMULO COMPLEMENTANDO O TRABALHO DOS DEMAIS PROFISSIONAIS. AS VIVÊNCIAS SÃO IMPRESCINDÍVEIS PARA A FORMAÇÃO DOS ACADÊMICOS DE ENFERMAGEM, FORTALECEM O PROCESSO DE MANEJO E APLICABILIDADE DE INSTRUMENTOS DE ASSISTÊNCIA. CONSIDERAÇÕES FINAIS: O ESTÁGIO COMO CONTRIBUIÇÃO DO PROCESSO DE ENSINO-APRENDIZAGEM TRAZ CONTATO DIRETO COM UM SERVIÇO DE REABILITAÇÃO FÍSICA E COGNITIVA, UMA VEZ QUE A DINÂMICA DA ASSISTÊNCIA ONDE O ENFERMEIRO ATUANTE CONTRIBUI E AUXILIA. DESENVOLVER A SEGURANÇA E PROPORCIONAR UM ATENDIMENTO COM PROPRIEDADE, QUALIFICANDO-SE EM UM BOM PROFISSIONAL, É O OBJETIVO PRIMORDIAL DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO NO ÂMBITO ACADÊMICO.

Veja o artigo completo: PDF