Resumo Trabalho

PROJETOS DE VIDA E PRONATEC: REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DE ALUNOS DO PROGRAMA

Autor(es): DÉBORA CRISTINA VASCONCELOS AGUIAR e orientado por DRA. FRANCISCA DENISE SILVA DO NASCIMENTO

O Presente trabalho trata das representações sociais dos projetos de vida de alunos e ex-alunos do Programa Nacional de Ensino Técnico e Emprego (Pronatec). O Pronatec apresenta-se como uma política pública que tem como proposta garantir uma maior oferta de cursos de educação profissional e tecnológica, de nível médio. Além disso, percebemos a importância das representações sociais no projeto de vida dos sujeitos, uma vez que os indivíduos utilizam-se das representações sociais como formas de ver o mundo e de pensar sobre o futuro. Assim, como principal objetivo, buscamos perceber se os objetivos do Pronatec vão de encontro com os projetos de vida dos participantes da pesquisa. Além disso, buscamos investigar a existência de projetos de vida e quais são eles para os voluntários da pesquisa; conhecer a proposta do Pronatec enquanto uma política pública e; averiguar o modo como os participantes lidam com o futuro, em relação aos planos, metas, objetivos e projetos de vida. Em relação à metodologia utilizada, esta consiste numa pesquisa qualitativa fomentada pelo CNPq, de abordagem dialética, em que realizamos uma pesquisa bibliográfica e documental, e uma pesquisa de campo, na qual utilizamos como técnica de produção de dados entrevistas individuais semiestruturadas com quatorze participantes, alunos e ex-alunos do Pronatec. Como referencial bibliográfico, recorremos a autores da teoria das representações sociais como Serge Moscovici, Jodelet, além de autores como Paulo Freire, Jessé Souza, Fátima Catão, Eloisa Hofling, Márcia Saadallah, entre outros. Para a análise de dados utilizamo-nos da Análise Temática, sendo esta uma das técnicas da Análise de Conteúdo, e observamos, por meio das respostas dos alunos entrevistados, diferentes modos de relação e compreensão do Pronatec. Para alguns, o Programa somava e confluía com seus planos e projetos individuais, mas outros demonstraram certa dificuldade em refletir sobre o futuro e elaborar seus projetos de vida.

Veja o artigo completo: PDF