Resumo Trabalho

EXPERIÊNCIA DE ACADÊMICOS DE ENFERMAGEM COM IDOSOS INSTITUCIONALIZADOS: CONSIDERAÇÕES SOBRE O CUIDAR HOLÍSTICO

Autor(es): AMANDA LUIZA MARINHO FEITOSA e orientado por CAROLINE MARY GURGEL DIAS FLORÊNCIO

Introdução: O número de idosos no Brasil é crescente e com isso a busca por cuidados a este grupo tem aumentado, levando assim maior procura por instituições que acolham idosos nas mais diversas situações, porém esta situação em muitos casos pode acarretar ao idoso sensação de abandono e falta de proteção por parte da família. Objetivo: relatar a experiência durante o período de estágios da disciplina de “Processo de Cuidar da Saúde do Idoso”, por intermédio de cuidados prestados de maneira holística. Metodologia: A pesquisa é descritiva, do tipo relato de experiência. Foi realizada por acadêmicos de enfermagem do sexto semestre durante o estágio da disciplina de “Processo de Cuidar da Saúde do Idoso”, o trabalho foi realizado em uma instituição que abriga pessoas em situação de vulnerabilidade social e também idosos, que representam um total de 16, 6 mulheres e 10 homens. As observações durante a vivência foram anotadas no diário de campo dos pesquisadores. A pesquisa respeitou os aspectos éticos em todas as etapas. Resultados e discussão: Durante o estágio, observou-se que muitos idosos demonstravam um sentimento de solidão decorrente do esquecimento da família, que por poucas ou quase nenhuma vez os visitavam, muitos idosos apresentavam distúrbios mentais em destaque para a depressão. Diante da situação, resolveu-se levar até os idosos, maneiras de cuidar alternativas, como musicoterapia e arteterapia. Na prática de arteterapia quase que unânime os idosos retrataram suas antigas casas e famílias, demonstrando a saudade de sua antiga realidade. Os acadêmicos utilizaram a musicoterapia como ferramenta terapêutica, com a presença de um violonista com músicas que retratavam a época de adolescência dos idosos, bem como músicas instrumentais para que relaxassem, percebeu-se uma melhoria significativa na inquietação que alguns apresentavam. Os cuidados de enfermagem também foram prestados, como: troca de curativos, sinais vitais, exame físico, evolução de enfermagem. Ainda foi possível uma pequena capacitação aos cuidadores sobre maneiras de prevenção de lesões por pressão e cuidados com quedas. Conclusão: A instituição serviu de grande apoio para a população que necessitava na cidade, favorecendo um lar á pessoas esquecidas pela sociedade, e por mais que distante de suas famílias os colaboradores tentam propiciar acolhimento e proteção da melhor maneira. A necessidade de um cuidar humanizado e holístico aos pacientes idosos em especial aos que vivem fora do âmbito familiar é necessário, devem-se buscar maneiras que proporcionem conforto e valorização dessas pessoas e as práticas utilizadas nesta vivência mostram-se satisfatórias reafirmando que os cuidados de Enfermagem devem ir além de técnicas.

Veja o artigo completo: PDF