Resumo Trabalho

UMA ANÁLISE CRÍTICA-REFLEXIVA SOBRE A ABORDAGEM DO TEMA SUICÍDIO NA SÉRIE “13 REASONS WHY”, TENDO COMO FATOR PRINCIPAL O BULLYING E QUAIS SUAS CONTRIBUIÇÕES PARA A SOCIEDADE BRASILEIRA.

Autor(es): RAIAN LUCAS ALVES SOARES e orientado por MÁRCIA VIANA DA SILVA

Neste trabalho buscamos analisar as relações entre a série “13 Reasons Why” e o suicídio, especificamente no Brasil, expondo as principais influências da trama na vida dos adolescentes que passam por diversos problemas psicológicos, sofrem bullying e a partir desses acontecimentos surgem os pensamentos suicidas. A série/livro aborda a temática de formas sensível e clara, transmitindo ao público a dor de quem vive diversos problemas, principalmente psicológicos, tenta procurar ajuda e busca resolvê-los por conta própria, mas, sem êxito, acaba dando um fim à sua vida. O bullying é um dos principais elementos retratados na trama, sendo a base para todos os conflitos que ocorrerão ao longo da história. Através da leitura do livro que inspirou a série, o qual possui o mesmo título, da análise crítica da produção e de pesquisas bibliográficas, foi possível notar a grande contribuição que ela traz para o público jovem, visto que diante dessas relações, este estudo se debruçará sobre a seguinte problemática: nas últimas décadas, tornaram-se muito frequentes os casos nos quais pessoas, por motivos ainda pouco conhecidos, tiraram a própria vida, deixando no ar a seguinte inquietação: o que as levou a tal ponto? Por meio dessa reflexão, desenvolvemos nossa análise em três etapas: primeiramente pesquisamos as relações entre o bullying e suicídio no Brasil, em segundo a influência da série¬ no combate ao suicídio no Brasil e por último o papel da sociedade brasileira no combate ao suicídio. Sendo assim, nosso trabalho objetiva uma análise crítica e reflexiva sobre a abordagem do tema “suicídio” na série “13 Reasons Why”, tendo como agente direto o bullying, e quais as principais contribuições que ela traz para os debates atuais em relação ao mesmo.

Veja o artigo completo: PDF