Resumo Trabalho

SOFTWARE “HOT POTATOES” COMO FERRAMENTA METODOLÓGICA NO ESTÁGIO SUPERVISIONADO DO CURSO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS: RELATO DE EXPERIÊNCIA

Autor(es): APARECIDA BARBOSA DE PAIVA e orientado por FABRÍCIO BONFIM SUDÉRIO

A participação de licenciandos nas disciplinas de estágios supervisionados contribui para a formação inicial docente, sobretudo quando o estudante aproveita a oportunidade para fazer uma abordagem crítica e reflexiva durante as atividades. Ao analisar algumas metodologias empregadas no ensino de biologia, percebe-se uma distância imensurável da realidade de boa parte dos estudantes. Neste viés, o uso das Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC) pode ser um forte aliado na construção dos saberes e no exercício da prática docente, de uma forma diferente do que ocorre tradicionalmente. Deste modo, este trabalho teve como objetivo analisar e discutir uma experiência vivenciada com a utilização do software “Hot Potatoes” na disciplina de Estágio Supervisionado do Ensino Médio III, do Curso de Ciencias biológicas da FAEC/UECE. No software foram elaboradas metodologias didáticas participativas para a atividade de revisão dos conteúdos ministrados pela estagiária durante o período de suas regências, no ano de 2017, as quais foram avaliadas pela pesquisa de caráter participativo dos discentes envolvidos. De um modo geral, os estudantes mostraram empenho, participação e interesse pelos conteúdos de genética e ecologia abordados durante a execução da atividade, com exceção de algumas dificuldades encontradas na resolução de problemas de genética referentes à probabilidade. Este fator pode ser atribuído a uma eventual deficiência acadêmica em conteúdos básicos, como a matemática. O software constituiu-se como uma excelente ferramenta tecnológica para o intermédio dessa atividade, pelo caráter lúdico e pelas potencialidades de uso dessa ferramenta para a criação dos mais variados tipos de atividades. Concluímos que os aprendizados adquiridos nessa experiência foram significativos para todos os envolvidos, sobretudo para a aluna estagiária na construção do seu fazer docente.

Veja o artigo completo: PDF