Resumo Trabalho

ORQUESTRA DE BARRO UIRAPURU: LAZER, CULTURA E TRADIÇÃO

Autor(es): LÍVIA DOS SANTOS OLIVEIRA e orientado por SIMONE OLIVEIRA DE CASTRO

Este artigo foi apresentado à Banca de Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) para obtenção da graduação em Gestão Desportiva e de Lazer do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará e teve como estudo o projeto Orquestra de Barro Uirapuru, que existe há oito anos na comunidade de Moita Redonda, no município de Cascavel – Ceará, e desenvolve com jovens da localidade uma orquestra com instrumentos confeccionados com barro. Os instrumentos são em geral de sopro e percussão, como violino, tambores e flautas. Na pesquisa investigamos a relação do trabalho desenvolvido pelo grupo para fortalecer a cultura local assim como de espaço para experiências enriquecedoras no campo do Lazer, como o desenvolvimento das potencialidades artísticas, fortalecimento dos laços com a comunidade e da preservação da herança cultural. O projeto visa fomentar o interesse dos jovens para a riqueza cultural histórica da comunidade. Como fenômeno social o Lazer promove o desenvolvimento de valores pessoais, a sensação de satisfação, alegria e liberdade para criar e participar. Nesse sentido, tivemos como foco o trabalho desenvolvido pela orquestra, o processo criativo na elaboração dos instrumentos musicais e das formas de Lazer vivenciadas pelos envolvidos (as) no projeto. Assim, a pesquisa foi de caráter qualitativo e exploratório, foram realizadas entrevistas com vinte e três pessoas dentre participantes, pais e o coordenador da orquestra através de questionários com perguntas semiestruturadas assim como observação dos ensaios realizados. As entrevistas apontam o reconhecimento dos participantes da contribuição do trabalho desenvolvido pela Orquestra de Barro Uirapuru para a comunidade de Moita Redonda e da necessidade de investimentos para a continuação plena do projeto e da ampliação de programas de Lazer na localidade.

Veja o artigo completo: PDF